Nos últimos dias os rumores da volta de Muricy ao São Paulo só aumentaram. Na última terça-feira (12), o comentarista do Sportv afirmou não querer o emprego neste momento, mas não fechou as portas para um possível trabalho no futuro como coordenador do time.


Quer ficar por dentro de resultados ao vivo, acessar calendários de jogos ou tabelas de classificação e ainda receber todas as notícias do seu time de coração? Então, clique neste link com seu celular e baixe o app do Esporte Interativo!


“Eu não quero contrato, eu não quero ser coordenador porque não precisa de coordenador agora. O planejamento já está feito. E eu ficaria sem função neste momento (...). Eu posso ser um coordenador, mas precisa ser em uma outra hora. Para organizar o planejamento, que não é o caso agora. Não vai acontecer nada agora se eu for coordenador porque o planejamento está feito”, disse.


Além disso, Muricy comentou da importância de ter alguém ao lado de Dorival nesse momento, mas ressaltou que não pode ajudar o clube agora.


“Eu acredito muito que uma pessoa perto do Dorival ajudaria bastante. Claro que uma pessoa do futebol. Como no meu caso, por exemplo, mas eu não quero. Um cara como eu ajudaria a parar um pouco essas coisas. O treinador não dá conta em alguns momentos. No meu caso, eu tinha o Tato, que resolvia todos esses problemas. Ele precisa ter um cara ao lado dele para segurar. Eles falaram no nome do Raí. Seria um baita nome porque é um cara com moral, que foi campeão pelo São Paulo”.


Com todas essas especulações, o atual comandante, Dorival Júnior foi questionado em entrevista ao Uol se o mesmo teria algum problema em trabalhar com Muricy.


“Não vejo problema nenhum [em trabalhar com Muricy ou que o ex-treinador faça uma palestra]”, disse.


Não é novidade para ninguém que Muricy e Dorival são amigos de longa data. O ex-comandante do Tricolor, foi um dos que incentivou o treinador a seguir carreira na beira do gramado em 2002.


fds

Clique aqui e baixe GRÁTIS!