Por: ​Racing Motor Sports


O tetracampeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton irá se reunir com a direção da Mercedes para renovar seu contrato por mais três anos. Segundo o jornal britânico The Sun, o acordo já está verbalmente fechado e falta apenas a assinatura das partes, o que irá ocorrer no GP de Abu Dhabi, neste fim de semana - o último da temporada 2017 da Fórmula 1. 


A última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões vai pegar fogo! Vai ter Bayern x PSG, Chelsea x Atlético de Madrid, Real Madrid x Borussia Dortmund e muito mais! Não quer perder? Então, clique aqui e assine o Esporte Interativo Plus apenas R$ 9,90/mês! Dá só R$ 0,33/dia!


O atual contrato de Hamilton com a Mercedes termina no final de 2018, e ele será estendido até 2020. O britânico passará a ganhar 120 milhões de libras esterlinas para defender a Mercedes em 2018, 2019 e 2020. Em reais, o valor equivale a 516 milhões. Significa que Hamilton vai embolsar R$ 172 milhões por ano ou R$ 14,3 milhões por mês.


Como vai ganhar em libras esterlinas, Hamilton irá superar o salário de seu amigo Neymar, que recentemente se transferiu para o PSG, na maior negociação já envolvendo um jogador de futebol. No clube francês, Neymar ganha o equivalente a R$ 11,2 milhões por mês. O brasileiro perde em valores para o britânico por receber em euros contra libras esterlinas.


Na F1, Hamilton passará a ser o mais bem pago da categoria, superando em alguns milhares de euros os salários de Fernando Alonso e Sebastian Vettel. O tetracampeão também deve engordar sua conta bancária com o dinheiro de publicidade. Hoje, ele recebe pelo menos mais 1,5 milhão de euros por ano em contratos publicitários.


eiplus

Assine agora, por R$9,90/mês. Dá só R$0,33/dia!