​O ex-atleta da NFL, Jonathan Martin, foi preso hoje por uma postagem em seu Instagram. Esse post levou a Harvard West-Lake High School, escola em que o atleta estudou na Califórnia a ser fechada por conta de uma possível ameaça de atentado, como o que aconteceu há poucos dias na Flórida, em que um ex-aluno invadiu a escola e matou 17 pessoas.


O maior regional do Brasil está pegando fogo! Não quer perder nada da Copa do Nordeste? Então, clique aqui, assine o Esporte Interativo Plus por apenas R$9,90/mês e assista aos jogos AO VIVO! Dá só R$0,33/dia!


Porém de acordo com informações do Los Angeles Times não existe nada que confirme que o ex-atleta planejava algum tipo de atentado ou algo nesse sentido. Nick Brown do site 12Up.com fez um print da postagem de Martin em seu Instagram.


"Jonathan Martin pode estar com algum distúrbio muito sério"


Na foto do post, Jonathan Martin escreve: "Quando você é vítima de bullying e covarde, suas opções são suicídio ou vingança"


A escola Harvard-Westlake comunicou que ficou sabendo de uma publicação na Internet envolvendo o nome da escola, e que por medida de segurança dos seus funcionários e seus alunos, resolveu cancelar as aulas no dia de hoje.


O post de Instagram de Martin também menciona Richie Incognito e Mike Pouncey, que jogaram ao seu lado na linha ofensiva dos Miami Dolphins em 2012/2013. Pouncey e John Jerry se envolveram em um episódio de bullying e assédio contra Martin quando ele era um calouro da NFL


VEJA TAMBÉM:​ Atleta da NFL renova contrato e vai pra sua 23ª temporada

Banner

Clique aqui para assinar!