Depois de cinco partidas, Sassá quebrou o tabu e marcou o primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. O atacante saiu do banco e ajudou a Raposa a empatar com o Flamengo em 1 a 1, neste domingo (16), no Mineirão, pela 14ª rodada do Brasileiro. Entretanto, apesar do tento anotado, o jogador foi alvo de críticas por desperdiçar chance na reta final.


Brasileirão séries C e D, Champions Cup, eSports, e muito mais. Garanta a programação do Esporte Interativo por R$ 9,90. Assine aqui!


Aos 27 minutos do segundo tempo, Sassá foi lançado por Thiago Neves em profundidade. Após tirar dois marcadores, o atacante optou pela finalização ao passe para Rafael Sóbis, que estava livre ao lado e com maior condição de marcar o gol. Como errou o alvo, o jogador foi alvo de críticas da torcida e deixou Sóbis enfurecido na hora do lance.


Após o jogo, Sassá foi questionado sobre a decisão de tentar o chute e não o passe. O atacante revelou que já se explicou com Rafael Sóbis e garantiu que não percebeu a presença do companheiro ao lado.


“Eu não vi o Sóbis, falei com ele. Infelizmente não fiz o gol, mas isso não me abala em nada", disse.

R

Na quinta-feira (20), o desafio é diante do Fluminense, no Estádio Giulite Coutinho, às 19h30 (de Brasília), pela 15ª rodada. A partida pode ser a chance de Sassá ser titular, já que Rafael Sóbis está suspenso com três cartões amarelos. O camisa 99 espera a oportunidade.


“Meu objetivo é jogar cada vez mais tempo e brigar por uma vaga na equipe. O empate não foi um mau resultado e agora vamos nos preparar para a próxima partida, na quinta-feira. Eu quero jogar, mas a escalação quem decide é o Mano. Estou à disposição para ajudar a equipe", disse. 


Com o empate em 1 a 1 com o Flamengo, o Cruzeiro caiu para a sétima colocação do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos.


d

Assine aqui por R$ 9,90!