Blogs

18/5/1970 - Gérson era a nova preocupação da Seleção

Titular absoluto de Zagallo, teve na véspera lesão muscular que preocupava a Seleção, que estrearia em 3 de junho de 1970 em Guadalajara, contra a forte Tchecoslováquia.

Por Mauro Beting

Gérson disputou uma Copa do Mundo brilhante em 1970

Gérson disputou uma Copa do Mundo brilhante em 1970

Gérson era a nova preocupação da comissão técnica. Lesão muscular nos 5 a 2 contra o León no dia anterior o deixou em tratamento no hotel da cidade. Foi o único que não passeou no dia de folga e não foi na noite daquela segunda-feria ao Teatro Juárez ver o show Tamba IV.

A lesão do camisa 8 fez Zagallo mudar a programação da semana. Apenas uma sessão de treinos por dia. Nenhum coletivo entre reservas e titulares.

Marco Antonio era outro que preocupava. Mas menos que Gérson. Falou o Papagaio: "Será a minha última Copa. Vou pra campo só 100%. Em 1966 eu não estava bem. Não joguei por isso o primeiro jogo. E quando entrei em campo o time já estava uma bagunça".

Everaldo vinha ganhando os pontos que Marco Antonio perdia. O lateral gremista: "quando voltei pra Seleção sem o Rildo imaginei que seria o titular. Mas me lesionei e o Marco Antonio ganhou a posição. Mas voltei a uma boa forma e estou treinando com afinco".

Paulo César Caju voltaria ao time. Mas sabia o que o esperava: "Vou jogar em Irapuato do porque o Gérson precisa ser poupado. A posição é dele. Sei que hoje sou reserva. Mas vou dar o máximo. Como sempre fiz. Vou batalhar pra estar entre os cinco reservas na estreia".

Comentários