Blogs

21/4/1970 - Zagallo dizia que Brasil seria campeão no México

Treinador da Seleção apostava em Alemanha e Itália entre os semifinalistas. Só não acertou o Uruguai.

Por Mauro Beting

Zagallo assumiu a Seleção em 18 de março de 1970

Zagallo assumiu a Seleção em 18 de março de 1970

Zagallo seguia confiante naquela terça-feira nas chances do Brasil na Copa do México, que começaria para o Brasil em 3 de junho: "Brasil, Alemanha, Itália, Inglaterra ou Tchecoslováquia serão os semifinalistas. O Brasil será o campeão".

O treinador acertou três deles. A Inglaterra é quem passou no grupo brasileiro, eliminando os tchecoslovacos. E caiu diante da Alemanha. Mesmo jogando uma ótima Copa, com um futebol mais vistoso do que quatro anos antes, a campeã de 1966 parou nas quartas-de-final. Foi a melhor e mais difícil equipe que o Brasil enfrentou no México.

"Mas para chegarmos ao Mundial com chances reais precisamos da união de todos em campo e fora dele", pedia o treinador.

Problema mesmo além do desempenho inconstante da equipe era a situação médica do ponta Rogério. Palavras do doutor Lídio de Toledo: "minha opinião é que ninguém pode ir ao México mais ou menos. Todos terão que ir para a viagem em plenas condições".

Doutor Lídio abria aspas e condições para o provável corte de Rogério, que na cabeça de Zagallo tinha condições de ser o titular da ponta-direita do Brasil no México. Jairzinho disputaria a posição com seu companheiro de clube.

"Ele está com esse problema desde janeiro. Foi mal tratado no México quando o Botafogo esteve excursionando", falou o médico.

Comentários