Blogs

31/5/1970 - Começa a maior Copa de todos os tempos

O Brasil estrearia em 3 de junho contra a Tchecoslováquia, em Guadalajara

Por Mauro Beting

Anúncio do primeiro jogo de Copa do Mundo transmitido ao vivo para o Brasil

Anúncio do primeiro jogo de Copa do Mundo transmitido ao vivo para o Brasil

Com o desfile da banda da Marinha do México e com soldados exibindo bandeiras dos 16 países finalistas, começou ao meio-dia no estádio Azteca a cerimônia de inauguração da nona Copa do Mundo. Mais de 105 mil presentes na Cidade do México viram depois crianças com os uniformes da seleções entrarem em campo, seguidas por marinheiros que trouxeram a bandeira da Fifa em frente à tribuna onde estavam o presidente mexicano (Gustavo Díaz Ordez), o da Fifa (Stanley Rous), e o do comitê organizador (Guillermo Cañedo).

Depois dos discursos de praxe, milhares de balões foram soltos. A torcida cantou o Hino Mexicano enquanto chegaram ao gramado os presidentes da Fifa e do México para cumprimentarem os atletas.

Foi o ponto "alto" do jogo muito chato. "Emocionante" apenas quando foi apresentado o primeiro cartão amarelo da história para um atleta soviético por uma entrada mais dura. O árbitro não sabia direito como apresentar a novidade instaurada pela Internacional Board. Mostrou meio envergonhado o cartão.

Segundo João Saldanha, em O GLOBO, o goleiro mexicano Calderón, que estava inteiro vestido de branco, podia ter saído do Azteca direto "para sua primeira comunhão, porque não tinha sujado a roupa".

Delegação brasileira viu a partida pela televisão, no Suites Caribe, em Guadalajara. Pelé disse que o jogo foi muito nervoso e sem
chances. E aproveitou para exortar os jovens do planeta para que se mobilizassem para um mundo melhor.

Treino à tarde, 16 horas, no Clube Providencia. Leão lesionou a mão depois de uma bomba de Jairzinho. Foi levado para radiografar a mão, mas nada se constatou.

Comentários