Blogs

7/5/1970 - Piazza estava ganhando a vaga de Fontana

Zagallo não gostava de improvisar. Mas Piazza dava motivos para o volante atuar como zagueiro no lugar de Fontana, que também não estava 100% fisicamente pelas dores nos joelhos naquela quinta-feira de 1970. Brasil estrearia em 3 de junho. Todo dia aqui no blog você acompanha a campanha do tri.

Por Mauro Beting

Fontana jogava no Cruzeiro na conquista do tri de 1970

Fontana jogava no Cruzeiro na conquista do tri de 1970

Fontana estava incomodado mais com a presença do improvisado Piazza na sua função (do lado esquerdo da zaga) do que com as dores no joelho que o pouparam nos 3 a 0 contra o combinado de Guadalajara.

"Um dia o Zagallo ainda vai colocar o Ado na minha posição".

O zagueiro do Cruzeiro falava mesmo. Tanto que era o maior desafeto de Pelé no elenco. Tiveram combates históricos em campo. Apenas se toleravam. Em nome do melhor ambiente no México.

Ele também parara de fumar durante a concentração. Alguns, como Gérson, não conseguiam largar o vício.

Seu substituto Piazza estava feliz com sua rápida adaptação à zaga. "Vocês vão ver que até o Mundial eu vou parecer que nasci zagueiro. Só tinha atuado ali atrás em emergências. Já me sinto bem na posição".

Rogério disse que não sentiu nada na coxa na pálida atuação contra o combinado de Guadalajara.

Dario teve um incômodo no tornozelo. Mas disse que isso não o atrapalharia. "Eu fui seis vezes dispensado do Campo Grande. O Gentil Cardoso disse que eu não podia ser jogador de futebol. Lutei por mais de 8 anos para ser jogador e agora vou disputar uma Copa do Mundo no time do Pelé. Não vai ser uma dorzinha que vai me derrubar".

João Saldanha, em O GLOBO, aparentava cada vez mais confiança na equipe. Só pedia para Zagallo definir o quanto antes o time. E resolver o lado esquerdo do ataque.

Pelé negociou com um jornal mexicano um depoimento diário. Cobrou 5 mil dólares por ele (o que significava metade do que ganhava por mês no Santos).

Aquela quinta-feira foi o primeiro dia de folga geral da Seleção. Domingo haveria novo amistoso, em Guanajuato. Mas a programação havia sido mudada porque o campo de León, onde o Brasil jogaria dia 24, teria que ser poupado para a Copa.

Comentários