Blogs

Andrés Sanchez x Tiago Nunes

Discussão pública gera crise completamente desnecessária no Corinthians

Por Taynah Espinoza

Presidente do Corinthians ironiza Tiago Nunes: "É que ele estava no Barcelona"

Presidente do Corinthians ironiza Tiago Nunes: "É que ele estava no Barcelona"

O Corinthians não entra em campo há 38 dias. Poderia usar esse tempo do futebol parado por causa do novo Coronavírus a seu favor e acalmar um pouco os ânimos, deixar o clima mais leve pra voltar ao trabalho com mais tranquilidade. Mas Andres Sanchez deixou tudo mais pesado quando resolveu ironizar o próprio treinador, que já não tem lá muitos créditos com o torcedor.

No fim do mês passado, Tiago Nunes fez uma crítica ao CIFUT, o Centro de Inteligência do Futebol do Corinthians. “O CIFUT estava sucateado em relação a informações e também a muitas questões que a gente vinha precisando”, afirmou o treinador. A crítica caiu muito mal com o presidente.

Praticamente um mês depois, a resposta de Andres Sanchez veio. Ele se disse chateado, desafiou a encontrar algum CT no Brasil que tenha a estrutura que o Corinthians tem. E ironizou: “É que ele devia estar no Barcelona, que não tem nem de perto o que tem no Corinthians. Como trabalhou no Barcelona, achou que aqui estava ruim.”

Treinador e dirigente erraram feio nessa e conseguiram ter uma discussão pública absolutamente desnecessária. Primeiro que Tiago não precisava criticar abertamente o clube em que ele recém está chegando e que sofre pressão diariamente. Ele já deveria ter entendido que essa crítica teria peso. Segundo que Andrés preferiu responder ao treinador em público a cobrá-lo internamente. E o pior de tudo: ao dizer “como trabalhou no Barcelona”, Sanchez ironiza e diminui o profissional que ele mesmo quis contratar. 

No momento em que todo mundo pensa em como diminuir os reflexos que a Covid19 deixará no futebol, presidente e treinador conseguiram arranjar mais um problema pra resolver.

Comentários