Blogs

Barcelona respira e pulsa... para a Champions

Time segue vivo no campeonato espanhol, mas o título está nas mãos do Real Madrid. A vitória sobre o Villarreal deu esperança ao Barcelona. Principalmente para a Champions League.

Por Bruno Formiga

Barcelona respira e pulsa... para a Champions

Barcelona respira e pulsa... para a Champions

Difícilmente o Real Madrid perderá o título espanhol. São quatro pontos de vantagem (que na prática são cinco, por causa dos critérios de desempate) na liderança. E um futebol seguro, mesmo sem ser brilhante. O Barcelona ainda respira. E contra o Villarreal, além de manter as chances matemáticas, conseguiu mais: recuperar jogadores para o principal importante momento da temporada.

 O placar elástico por 4x1 mostrou um Messi querendo jogo. Mas isso não é tanta novidade. Animador, para o Barcelona, foi ver Suárez decisivo e a mais segura versão de Griezmann até agora no clube. Resultado: o melhor do trio MSG, enfim, apareceu.

Para La Liga talvez a forma dos três juntos venha tarde demais. Porém, ainda tem a Champions. O Barcelona encara o Napoli na volta das oitavas e tem a vantagem do 0x0. Se passar, Messi, Suárez e Griezmann vão ser fundamentais para o time ter qualquer chance de ganhar a orelhuda.

Suárez histórico
A vitória sobre o Villarreal também marcou o nome de Suárez definitivamente na vida catalã. O uruguaio chegou aos 194 gols pelo clube e se igualou a László Kubala como o terceiro maior artilheiro da história do clube.

Desde que chegou ao Barcelona, em 2014, Suárez mantém uma regularidade muito importante para o time. Com momentos mais ou menos brilhantes, o atacante tem feito pelo menos 25 gols por temporada.

Ou seja: a tendência é que até o ano que vem ele vire o segundo maior artilheiro da história do Barcelona.

 Antes disso, porém, precisa manter os lampejos pós-quarentena e voltar a ser constantemente importante para o Barcelona. Principalmente na Chamipions. 

Se quiser ganhar o hexacampeonato, o time vai precisar muito do seu camisa 9. E de Griezmann também. 

Assim como na vitória sobre o Villarreal. 

Comentários