Blogs

Barroca faz trabalho tático virtual no Coritiba e aproveita parada para aprimorar modelo de jogo

Treinador disponibiliza material com feedback coletivo e individual e interage com jogadores no período de quarentena

Avatar del

Por Redação dp Esporte Interativo

Eduardo Barroca comandando treino do Coxa antes da paralisação(Divulgação Coritiba)

Eduardo Barroca comandando treino do Coxa antes da paralisação | Divulgação Coritiba

POR MONIQUE DANELLO

Com a paralisação do futebol e a preocupação com a pandemia do novo coronavírus, os jogadores brasileiros estão trabalhando em casa, em segurança, para tentar manter a forma física. No Coritiba, além do trabalho físico, a comissão técnica está aproveitando o período de quarentena para aprimorar conceitos da parte técnica e tática. Eduardo Barroca é quem faz contato com os jogadores e comanda o trabalho a distância.

"São dois caminhos, o primeiro da área física, onde os jogadores recebem tratamento individualizado, equipamentos e kits de materiais para os jogadores cumprirem as etapas. Com relação a parte técnica e tática, a gente subdividiu em três partes: primeiro o feedback coletivo, padrões e modelo de jogo, o segundo são as correções individuais, os feedbacks individuais, que são importantes para o jogador se ver, e o terceiro que são as referências externas, de grandes equipes e adversários. A gente não sabe de que forma e quem serão os nossos adversários de forma efetiva, mas o principal tem sido a devolutiva deles, pedindo coisas novas", explicou o treinador.

Barroca chegou no Coritiba no começo dessa temporada e o trabalho já vem dando os primeiros resultados. O time lidera o Campeonato Paranaense, tem o melhor ataque da competição e um aproveitamento de 72%. O treinador ainda quer aprimorar o modelo de jogo e tem feito trabalhos, mesmo que de forma virtual. Barroca faz contato diariamente com os seus comandados e tem recebido sugestões dos atletas também. O material em vídeo está dividido em: parte ofensiva, parte defensiva, transições e bola parada. Além disso, o técnico também tem aproveitado o tempo para analisar alguns adversários.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Eu estou dividindo em três partes, mas o foco primário é muito mais o desenvolvimento da nossa equipe observando os nossos jogos, fazendo as correções individuais e coletivas, e ao mesmo tempo buscado referências externas. Ontem mesmo dei uma estudada no Racing do Coudet, que foi o campeão argentino. Assisti ao jogo completo contra o River Plate, que eles perderam em casa. Tenho visto muito coisa do Paraná, mas o foco primário está sendo o próprio Coritiba, o desenvolvimento do nosso trabalho, interagir com os jogadores e ter o feedback deles para a construção do nosso desenvolvimento no decorrer da temporada", detalhou Barroca.

O Campeonato Paranaense está suspenso, ainda sem previsão de retorno. Na fase final da competição, o time de Eduardo Barroca enfrentará o Paraná. O início do Campeonato Brasileiro também está indefinido. A estreia do Coritiba, no retorno a Série A do Brasileirão, será contra o Internacional, no Couto Pereira.

 
EXCLUSIVO! Rodriguinho revela que gostaria de ter voltado ao Corinthians
Comentários