Blogs

Em busca do tempo perdido

Oxlade-Chamberlain fazia uma ótima temporada até romper os ligamentos do joelho. Mais de um ano depois, mostra que pode ser importante para o Liverpool de novo

Por Vitor Sérgio Rodrigues

Em busca do tempo perdido

Em busca do tempo perdido

A história do meia Oxlade-Chamberlain no Liverpool começa com desconfiança, por causa do preço que Jurgen Klopp pagou ao Arsenal, 38 milhões de euros, e porque o jogador parecia que não conseguiria subir de patamar após as temporadas no clube do norte de Londres.

Klopp sabia o que estava comprando e passou a utilizar Chamberlain no meio-campo na temporada 2017-18, logo após perder Coutinho ao Barça. O meia vinha tendo ótimas atuações, fazendo gols e dando um dinamismo gigante à equipe, até sofrer uma lesão nos ligamentos do joelho na semifinal da Liga dos Campeões contra a Roma.

Após mais de um ano fazendo um desgastante tratamento, agora Oxlade-Chamberlain tem a chance de recuperar o tempo perdido. Em um Liverpool que foi campeão europeu sem ele na temporada passada, mas que vai precisar da intensidade e da agilidade dele para defender o título europeu e para, finalmente, ganhar a Premier League. Nesta quarta, Chamberlain começou a dizer "presente".

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

É jogo do Liverpool? Pode esperar muitos gols e emoção! ⚽ Acha que os comandados de Klopp vão chegar longe mais uma vez? #CasaDaChampions

Uma publicação compartilhada por Esporte Interativo (@esporteinterativo) em

Logo a dois minutos, recebendo livre de Fabinho entre as linhas do Genk, bateu cruzado e fez 1 a 0. No segundo tempo, marcou um golaço após a assistência de Firmino, batendo com a parte de fora do pé direito, por cobertura, com a bola batendo no travessão. Pintura!

O Liverpool ainda fez mais dois, um de Mané, com assistência de Salah, e outro de Salah com assistência de Mané. Mas a grande notícia foi a "volta" de Oxlade-Chamberlain.

Veja os melhores momentos do jogo entre Genk e Liverpool:

 

Comentários