Blogs

Futebol brasileiro não entende método, entende resultado

Doménec Torrent continua rodízio com jogadores no Flamengo, mas com vitórias, “compra” tempo pra mostrar ideias

Por Taynah Espinoza

Com rodízio, Doménec Torrent emenda quatro vitórias seguidas. Ainda será questionado pelo seu método?(2020 Getty Images)

Com rodízio, Doménec Torrent emenda quatro vitórias seguidas. Ainda será questionado pelo seu método? | 2020 Getty Images

Doménec Torrent já deve ter entendido como funciona o futebol brasileiro. Com resultado, tudo fica mais fácil de ser entendido pela torcida, pela imprensa e pelos próprios jogadores. O treinador continua com o rodízio que entende ser o melhor pra esse momento, mas aos poucos, as vitórias vão diminuindo o questionamento ao redor dessa ideia.

No FlaFlu de quarta-feira, o catalão deixou Arão no banco, por exemplo, pra começar com Thiago Maia e Gerson juntos. Diego foi titular e não Michael, que vem sendo bastante usado pelo técnico. A escalação do Flamengo neste ano não será definida como era no ano passado. Isso já ficou muito claro. Mas aqui no Brasil, não estamos acostumados com esse método de trabalho. Por isso, questionamos. Sim, questionamos no plural. Imprensa, torcida e jogadores.

É péssimo que a gente diga que os resultados passaram a aparecer porque Dome parou de inventar. Ou que a gente chame (sem nenhum respeito) de professor Pardal quando perde, mas fique quieto quando a vitória acontece. Precisamos estar mais abertos a novas ideias, novas metodologias. De que adianta pensar em técnico estrangeiro se não queremos deixar que ele coloque as suas práticas em campo?

Vale o mesmo com os jogadores. Os resultados fazem os atletas aceitarem mais o que o treinador propõe. Assim, aos poucos, Dome parece estar “comprando” tempo pra conseguir convencer todo seu entorno que a ideia de rodízio, que tanta gente fez piada nos últimos dias, é boa. Ainda mais com um elenco tão recheado. Ainda mais com um calendário tão apertado.

Comentários