Blogs

Libertadores ‘volta ou volta em setembro’ e pode ter jogo único

Dirigente de um clube brasileiro que está vivo no torneio afirmou que Conmebol sinalizou que a Libertadores retorna em cerca de 70 diasa

GreNal foi um dos últimos jogos da Libertadores antes da paralisação por causa da pandemia

GreNal foi um dos últimos jogos da Libertadores antes da paralisação por causa da pandemia

Enquanto no futebol brasileiro apenas um campeonato estadual, o Carioca, retornou após a paralisação por causa da pandemia do Coronavírus e os clubes se mexem para tentar iniciar o Brasileirão, a Conmebol está seriamente projetando retomar a Copa Libertadores da América no meio de setembro.

Um dirigente de um clube brasileiro que está na disputa da Libertadores 2020 conversou com o Blog do VSR nesta sexta-feira e disse que o retorno do Brasileirão precisa ser estudado para não se chocar com a Libertadores. Perguntado se já havia uma previsão de retomar o torneio continental, ele disse que “aqui no clube, todos estamos trabalhando com o meio de setembro, pois a Conmebol sinalizou que ‘a Libertadores volta ou volta’ nesse período”.

Segundo esse dirigente, a meta da Conmebol é terminar a fase de grupos numa batida só (faltam quatro rodadas) e depois focar no mata-mata. E que a entidade está estudando copiar a Champions League e realizar os confrontos eliminatórias em jogo único, em vez de duas partidas. Seria uma alternativa para diminuir o número de deslocamentos pelo continente e, principalmente, diminuir o número de datas do torneios (considerando que a Conmebol pretende fazer três datas de Eliminatórias ainda neste ano).

A pandemia de Coronavírus na América do Sul é o principal impeditivo para a retomada da Libertadores e da Copa Sul-Americana, já que os países estão em estágios diferentes de contágio e controle da doença. Algumas fronteiras estão fechadas, o que obrigaria uma negociação com os governos para os deslocamentos das equipes.

Comentários