Blogs

Maior campeão da FA CUP - Arsenal 2 x 1 Chelsea

A virada vermelha em Wembley garantiu mais um título(o 14o.)  para o maior vencedor do torneio mais antigo do planeta, que a Arquibancada Esporte Interativo mostrou comigo e com Jorge Iggor.

Por Mauro Beting

Aubameyang fez os gols do título da FA CUP

Aubameyang fez os gols do título da FA CUP

O Arsenal é o maior vencedor da Copa da Inglaterra, a FA Cup, o mais antigo torneio do mundo do futebol. Eram 13 títulos até a decisão vazia mas jamais esvaziada deste sábado, em Wembley, na Londres dos dois clubes.

Talvez isso tenha equilibrado ainda mais um clássico que parecia mais azul antes de a bola rolar. Não que a fase recente dos Gunners de Arteta não fosse ótima. Mas o trabalho de oito meses dele (muito bom) é mais recente. Lampard está há um ano comandando os Blues. E bem, também, em um momento espetacular do futebol inglês com equipes em grande fase, e com muito potencial para 2020-21.

E o hospitArsenal segue atrapalhando os Gunners. Leno, Ozil, Mustafi, Pablo Marí, Martinelli do lado vermelho. O Chelsea também não tinha o essencial Willian e o não menos Kanté, além de Gilmour. Mas eram menos desfalques. E Lampard tem mais opções. Só que ficaram meio que elas por elas com duas lesões musculares no posterior da coxa de Azpilicueta (que sofria no lado direito do 3-4-3- do Chelsea) ainda na primeira etapa, de Pulisic (autor de um golaço aos 4min, e que saiu com o mesmo tipo de lesão no comecinho da segunda etapa).

Pedro entrou bem no lugar do norte-americano (até se lesionar mais seriamente no ombro direito no final do jogo...). O Chelsea estava melhor na segunda etapa que estava empatada pelo gol de Aubameyang (de pênalti no primeiro tempo). O Chelsea tinha mais a bola no segundo tempo, mas não tantas chances, até outro belíssimo contragolpe vermelho armado por Bellerin cair no pé do melhor do Arsenal (Pépé) e servir Auba, que deu um come em Zouma e  uma cavadinha de canhota espetacular na saída de Caballero.

O que virou pesadelo na virada para o Chelsea ficou ainda pior com a expulsão de Kovacic, aos 27. Lampard mudou o time com atraso, tirou um dos zagueiros e colocou Hudson-Oddoi.

Mas o Arsenal estava mais consciente e consistente e conseguiu outro grande resultado inesperado. Não era favorito na semifinal contra o Manchester City e passou. Não parecia ser na decisão e ganhou mais uma.

É o Arsenal em FA Cup. E é o futebol que a gente ama, os ingleses inventaram em 1863, e se reinventaram no início dos anos 1990.

Comentários