Blogs

Mais de 50 tons de VAR

VAR: frustrações e questionamentos

Por Péricles Bassols

A tecnologia tão pedida e esperada por nós, amantes do futebol que queríamos o fim de erros grosseiros no nosso tão amado esporte, finalmente chegou. A expectativa de um fim nas injustiças, ou ao menos nas polêmicas, é que talvez tenha sido superestimada.  

Estamos em momento de frustrações e questionamentos com relação à ferramenta.

Fernando Moreno/AGIF
VAR vem sendo polêmico no Brasileirão


E o principal motivo está ligado ao fato de que não analisamos apenas lances objetivos como por exemplo bola dentro ou fora, posição de impedimento ou posição legal, se é preto ou se é branco. Temos que avaliar situações cinzas. E, no caso da arbitragem, posso afirmar que este cinza tem mais de 50 tons.

Para corrigir além destas injustiças óbvias, tinhamos também que corrigir algumas interpretativas, cinzas. 

Aí reside o maior problema. O que é claro e óbvio para você, as vezes não é para mim. E isso não foi uma jabuticaba, foi um problema mundial.Vimos isso acontecer desde a sua implantação até hoje. No mundial da Rússia por exemplo, quem de nós não achou claro o empurrão no Miranda?? Tão óbvio né?! Pois é, o árbitro na cabine do VAR não achou suficiente para chamar.

E vários outros lances do Mundial feminino, Copa América, e até, acredite, Premier league geraram indignação por parte de analistas e torcedores. E olha que lá os árbitros são profissionais!

Se, por um lado, vamos ter que passar por este processo de adaptação dos árbitros à ferramenta e suas sutilezas, por outro, não tenho dúvidas em dizer que os que forem expostos à ferramenta por mais tempo irão interagir e reagir melhor com ela.

Ser exposto significa treinar!

Não pode ser apenas quando o árbitro vai para jogo. Isso resolve a longo prazo. Ele tem que poder se dedicar, ver vídeos , ir para campo, simular situações de pressão às quais será exposto na cabine e no campo.

Do contrário, sem treino, iremos capengar para atingir a excelência. Por mais que os números sejam muito favoráveis ao futebol pós VAR, a percepção das pessoas a cerca do árbitro de vídeo se prende muito mais aos aspectos negativos.

Sem a devida estrutura disponibizada aos árbitros, sofreremos, todos juntos, por mais tempo que o necessário.

Comentários