Blogs

Quem perde mais com o cancelamento da Bola de Ouro?

Pelo que jogaram até aqui, Lewandowski e Benzema são os meus escolhidos

Por Taynah Espinoza

Lewandowski fez a melhor temporada da carreira, com impressionantes 51 gols em 43 jogos(2020 Getty Images)

Lewandowski fez a melhor temporada da carreira, com impressionantes 51 gols em 43 jogos | 2020 Getty Images

A France Football anunciou hoje que não fará o Prêmio Bola de Ouro neste ano. Segundo a revista, seria injusto a premiação acontecer num ano atípico como esse, com a parada no futebol por causa da pandemia do novo Coronavírus e a mudança de algumas regras e competições, como o formato da Liga dos Campeões, por exemplo. Mas e aí, quem sai perdendo com essa?

Normalmente, as maiores competições do ano são o que decidem os vencedores da Bola de Ouro. Em ano sem Copa do Mundo, o mata-mata da Champions League é fundamental na votação. E no “mata” (já que é apenas um jogo, sem ida e volta) dessa temporada, ainda tem Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, Lewandowski, De Bruyne, Benzema...a Bola de Ouro provavelmente sairia desses nomes. Como Messi e CR7 já estão mais do que acostumados com esses prêmios, pra eles, o cancelamento pode não ser tão duro assim. Diferente de outros jogadores.

Hoje, 20 de julho de 2020, sem levar em conta os jogos decisivos de Champions League que vem pela frente, eu não colocaria o Neymar bem posicionado nessa lista. E por motivo simples: Neymar se machucou, jogou só 22 partidas nessa temporada. É pouco pra colocá-lo, hoje, entre os melhores do mundo no ano. Mesmo que os números sejam bons, com 18 gols e 10 assistências, ainda assim é uma amostra pequena, e basicamente só no futebol francês. Pela lesão e pela suspensão que precisou cumprir, Neymar começou como titular só três jogos da Liga dos Campeões até aqui. Então o brasileiro não é maior perdedor deste cancelamento da Bola de Ouro.

Pra mim, este posto está dividido entre Lewandowski e Benzema. O Polonês tem números incríveis com o Bayern de Munique. Em 43 jogos na temporada, são 51 gols e 6 assistências. É mais de um gol por jogo. Ele foi o artilheiro da Bundesliga e é o atual artilheiro da Liga dos Campeões, com 11 gols marcados. É a melhor temporada da carreira de Lewa.

A briga com Benzema é boa, mas o francês fica distante nos números. O atacante do Real soma 26 gols e 10 assistência em 47 jogos na temporada. Tem basicamente a metade dos gols de Lewa em mais partidas. A questão é a participação de Benzema no jogo, a capacidade de abrir espaço, de jogar pelo lado, de precisar de poucas chances pra marcar. Benzema é, pra mim, o melhor jogador do Real nesta resta final de La Liga, quando o título foi decidido. E conta a favor dele o nível do campeonato espanhol ser melhor do que o futebol alemão.

Se a Bola de Ouro acontecesse hoje, Lewandowski seria meu vencedor. Repetir uma temporada com números tão incríveis como essa não vai ser fácil. Por isso, o polonês é o maior perdedor do cancelamento do prêmio.

Comentários