Blogs

Red Bull Bragantino 0 X 2 Corinthians

Deixaram chegar? Deixaram.

Por Mauro Beting

Jô!

Jô!

Jô era um menino sonhador de 16 anos como milhões de brasileiros e tantos corintianos quando marcou seu primeiro gol pelo seu Timão, em 2004. Jô não é mais menino 16 anos depois quando marcou seu primeiro gol em mais uma reestreia pelo clube do coração e de alma. Contra um time que estava melhor no SP-20. Mas que parou diante dessa história que Jô sabe de cor e saltando mais do que os rivais no segundo gol. O primeiro dele no retorno. De uma nova sequência vencedora. Quem sabe campeã. Tetracampeã jogando ainda menos do que em 2019.

Mas possível. Porque é futebol. É o regulamento. É o Jô. É Corinthians.

Classificado para a semifinal contra o surpreendente Mirassol.

Quase tão inusitado quanto imaginar aquele futebol corintiano indo tão longe no Paulistão.

Mas jamais realmente inesperado quando esse time veste essa camisa. Quando Jô volta como se jamais tivesse saído. Quando a bola sabe que aos trancos e aos barrancos os manos chegam. E os antis piram.

Comentários