Blogs

Sem Cristiano não tem festa

Juventus perde do Lyon e agora vai precisar se virar em casa para avançar de fase na Champions League. Time não conseguiu acionar seu melhor jogador e acabou a partida sem finalizações no alvo

Por Bruno Formiga

Na temporada, Cristiano Ronaldo tem mais que o dobro de gols do vice-artilheiro da Juventus na temporada. São 25 gols dele contra 12 de Dybala. A importância do camisa 7 é evidente. E sem ele dificilmente o time passa pelos maiores desafios.

Foi assim contra o Lyon.

Sarri não conseguiu fazer da Juventus um time operante para abrir espaço na boa compactação do Lyon. Resultado disso foi um Cristiano Ronaldo distante do gol e com poucas opções de aproximação - algo que só melhorou no segundo tempo.

E com Cristiano controlado a Juventus terminou o jogo sem nenhuma finalização certa em 90 minutos. Pouco para um time que era bem favorito pelo conjuto da obra. 

Cristiano Ronaldo faz com que a classificação ainda seja bem possível, obviamente. Basta lembrar a última temporada, quando ele destruiu o Atlético de Madrid na volta em um cenário bem mais complicado que agora. 

Mas lá, vale lembrar, a Juventus colocou o seu artilheiro no jogo, fez a bola chegar e criou condições para a reviravolta. Contra o Lyon, pelo menos no primeiro jogo, não. Longe disso.

E sem Cristiano o poder de fogo é bem menor. 

A Juve experimenta algo que em parte o Real Madrid viveu por um bom tempo: A máquina emperra quando o robô não funciona.

Comentários