Blogs

Simeone prefere os brasileiros

Caio Henrique está voltando para o Atlético de Madrid e o técnico argentino poderá escolher

Por Tatiana Mantovani

Diego Simeone técnico do Atlético de Madrid(AS)

Diego Simeone técnico do Atlético de Madrid | AS

No início da temporada, perguntei ao Simeone se ele tem predileção pelos brasileiros para atuar na lateral-esquerda. A resposta dele foi direta “Sim. Acredito que são os jogadores que têm melhores características ofensivas, nascem atacando”. Dá para entender o motivo pelo qual o Atlético de Madrid, antes mesmo do tempo se esgotar, pediu o retorno de Caio Henrique ao clube.

Desde que Simeone assumiu o Atleti, em dezembro de 2011, o clube sempre contou com um brasileiro na posição. Filipe Luís, Guilherme Siqueira e agora Renan Lodi. O próximo: Caio Henrique. Na última sexta-feira, Caio se despediu do Grêmio. Ele estava emprestado até o final do ano. Quando o empréstimo foi definido, o Atlético de Madrid incluiu uma cláusula que permitia ao clube pedir o retorno do jogador até o dia 30 de junho e assim o fez.

Simeone já conhece Caio, foi com ele que o brasileiro estreou com a camisa colchonera. Quando o Atleti contratou Caio em fevereiro de 2016, apostava por um dos meias mais promissores do futebol brasileiro. Agora, em seu retorno, contará com um dos laterais mais destacados do futebol brasileiro. Em 2019, no Fluminense, Caio foi um dos melhores da posição no país. Mais maduro, Caio se encontrou como lateral e o Atlético de Madrid, carente a posição, não pensou duas vezes em voltar a contar com o jogador.

Caio Henrique retorna para o Atlético de Madrid

A pandemia do novo coronavírus fará com que os clubes calculem muito bem seus próximos movimentos no mercado de transferências. O Atlético de Madrid precisava de um lateral-esquerdo, já que só conta com Renan Lodi na posição. Simeone é um incentivador concorrência interna pela posição e queria um jogador a mais para a lateral. Caio Henrique será espanhol, só falta retirar o passaporte, e não ocupará vaga para extracomunitário, já era jogador do clube, e é um dos melhores na posição entre os brasileiros que o Cholo tanto gosta. O Atleti viu uma grande oportunidade e na próxima temporada contaremos com dois brasileiros na lateral-esquerda colchonera. Sorte a nossa, sorte a do Simeone.

Comentários