Brasileirão

Após derrota para o CSA, Abel Braga pede para não conceder coletiva

Técnico preferiu não falar no Cruzeiro e vai conversar com a imprensa somente depois do treino desta sexta (29)

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Abel Braga assistiu incrédulo derrota do Cruzeiro para o CSA, no Mineirão(Vinnicius Silva / Cruzeiro EC)

Abel Braga assistiu incrédulo derrota do Cruzeiro para o CSA, no Mineirão | Vinnicius Silva / Cruzeiro EC

O momento do Cruzeiro é tão delicado no Campeonato Brasileiro que após a derrota para o CSA, no Mineirão, o técnico Abel Braga pediu para não conceder entrevista coletiva e só vai falar com a imprensa depois do treino desta sexta-feira (29).

O comandante da Raposa considera que não tinha o que dizer sobre o revés por 1 a 0, que deixou a equipe estacionada na zona de rebaixamento a três rodadas do fim do Brasileirão. O diretor de comunicação Valdir Barbosa foi quem sentou à frente dos jornalistas e fez questão de afirmar que a diretoria não considera demitir Abel neste momento.

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

Com 36 pontos, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação na tabela de classificação, um menos que o Ceará, o primeiro time fora do Z-4. Os últimos adversários cruzeirenses na competição serão Vasco e Grêmio, ambos fora de casa, e Palmeiras, na última rodada, no Mineirão.

Comentários