Brasileirão

Botafogo sonda Alberto Valentim, mas Avaí não aceita liberar sem multa

Depois de demitir o técnico Eduardo Barroca, diretoria alvinegra corre para encontrar um substituto 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Alberto Valentim treinou o Botafogo em 2018(Alexandre Loureiro/Getty Images)

Alberto Valentim treinou o Botafogo em 2018 | Alexandre Loureiro/Getty Images

Em busca de um substituto para Eduardo Barroca, que foi demitido após a derrota no clássico contra o Fluminense, o Botafogo sondou o técnico Alberto Valentim. A situação, porém, não é simples. Isso porque o clube catarinense não aceita a liberação sem compensação financeira. O treinador tem contrato com o Leão até o fim desta temporada e já tinha iniciado as primeiras conversas para a renovação.

Valentim tem uma passagem pelo Botafogo em 2018, quando foi campeão carioca. Na época, após o título estadual, o treinador recebeu uma proposta do Pyramids, do Egito, e deixou o Brasil. No mesmo ano, voltou para comandar o Vasco e ajudou a salvar o clube carioca do rebaixamento. 

À frente do Botafogo em 2018, Alberto Valentim teve 25 jogos e pouco mais de 53% de aproveitamento. Foram 11 vitórias, sete empates e sete derrotas. 

Outro nomes em pauta

Além de Alberto Valentim, o nome de Jair Ventura também foi especulado nos bastidores do Botafogo. Este, no entanto, tem uma resistência maior por parte de algumas pessoas dentro do clube e de grande parte da torcida. Quando deixou o clube no final de 2017, Jair pagou a multa rescisória do próprio bolso para ir para o Santos. A atitude é reprovada até hoje pela maioria dos botafoguenses. 

Quem também está em pauta em General Severiano é Enderson Moreira, que deixou o Ceará recentemente. O perfil do treinador agrada a diretoria e as conversas podem ser iniciada nos próximos dias. 

Comentários