Brasileirão

Com moral, Janderson, cria da base do Corinthians, pode ganhar chance no time titular

Com Pedrinho e Sornoza ausentes nos próximos dois jogos, Janderson deve ganhar mais oportunidades no Corinthians de Fábio Carille

Avatar del

Por Victor Lopes

Cria da base do Corinthians, Janderson participou de ação beneficente pelo Dia das Crianças(Victor Lopes / Esporte Interativo)

Cria da base do Corinthians, Janderson participou de ação beneficente pelo Dia das Crianças | Victor Lopes / Esporte Interativo

Nesta segunda-feira (07/10), no Parque São Jorge,  o Corinthians realizou um evento para comemorar o Dia das Crianças. O escolhido para participar da festa com a criançada foi o atacante Janderson, cria da base do timão. O atleta chegou há pouco tempo no Corinthians e já vem ganhando espaço.

“Quem olha pra mim já sabe. Eu sou um garoto humilde, vim do interior da Bahia. Quando estou em campo é alegria e ousadia. Dedicação ao máximo, porque Corinthians é isso, é raça. É um sonho de toda criança jogar pelo Corinthians, me sinto realizado, vim da base. Eu agradeço o professor e toda comissão pela oportunidade. Estou dando meu máximo, espero ter mais oportunidades”, analisou.

Dentro das quatro linhas, Janderson é figura presente, mas na maioria das vezes, entra apenas no segundo tempo. O jogador soma apenas sete jogos com a camisa alvinegra neste ano. Mas tudo deve mudar nas próximas rodadas. Com as ausências de Pedrinho e Sornoza que estarão com suas seleções, o primeiro defendendo  o sub-23 do Brasil, e o segundo com a seleção equatoriana, Janderson disputa uma vaga entre os titulares nos próximos dois jogos, período em que os titulares estarão fora.

Janderson atuou em sete partidas com a camisa do Corinthians neste ano | Marcello Zambrana/AGIF

“É uma oportunidade, mas vou deixar isso com o professor. Se ele me colocar, vou dar meu máximo para ajudar a equipe e vou estar sempre treinando. Vou agradecer muito pela oportunidade. Na base, eu jogava mais pelo lado direito, ele me colocou na esquerda, mas pra mim não muda muita coisa, sou um atacante agudo, não importa o lado que esteja, vou sempre pra dentro”, garantiu.

Athletico e São Paulo são os próximos adversários do Alvinegro. O Timão recebe o Furacão nesta quinta-feira (10), na Arena, e visita o São Paulo, no Morumbi, no domingo (13). Em relação ao estilo de jogo, Carille, após o empate com o Grêmio no final de semana, já adiantou que não deve fazer mudanças. Acostumado ao jogo ofensivo, Janderson destacou a importância de se adaptar ao estilo mais defensivo de Fábio Carille.

Carille disse que não deve mudar estilo de jogo do Corinthians para próximas rodadas | Getty Images

“É um ótimo treinador, desde a base já vinha fazendo esse posicionamento de acompanhar o lateral, o que ele pedir eu vou fazer. Está dando certo, estou entrando bem nos jogos e espero manter essa sequência de bons jogos. Eu era muito afobado, meus companheiros sempre falam comigo, o professor também. Estou mais calmo para decidir as jogadas”, disse.

Com 42 pontos na quarta colocação, o Corinthians pode assumir o terceiro lugar, caso vença o Athletico e o Santos perca para o Palmeiras. O jovem atacante ainda acredita no título do Campeonato Brasileiro.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ficou assim a tabela do #BrasileirãoNoEI após o fim da 23ª rodada!

Uma publicação compartilhada por Esporte Interativo (@esporteinterativo) em

“Estamos no G4, vamos brigar para nos mantermos. Nada é impossível, passo a passo. A gente sonha com o título, nada é impossível, mas é jogo a jogo”, finalizou.

Comentários