Brasileirão

Diniz elogia postura do São Paulo contra o Flamengo: "Merecemos o empate"

Em sua estreia no comando do Tricolor, o treinador diz que a equipe foi "guerreira" e enaltece qualidade de Pato

Avatar del

Por Redação Esporte Interativo

Fernando Diniz ficou satisfeito com o empate do São Paulo contra o Flamengo no Maracanã

Fernando Diniz ficou satisfeito com o empate do São Paulo contra o Flamengo no Maracanã

O São Paulo empatou em 0 a 0 com Flamengo na noite deste sábado (28), no Maracanã, na estreia do técnico Fernando Diniz. Logo após a partida, o novo treinador elogiou a postura da equipe diante do líder do Brasileirão e saiu satisfeito do Rio de Janeiro.

"Foi um bom resultado. O Flamengo vinha de uma sequência enorme de vitórias, batendo recordes. Fizemos um jogo que era preciso fazer. O time foi taticamente muito inteligente, corajoso. Subimos as linhas a hora que deu. Na hora que não dava, eles estavam com muita flutuação atrás, um jogo perigoso. Quando baixamos o bloco o time ficou mais seguro, tivemos chances de contra-ataque para matar o jogo também. O time foi muito guerreiro, tiveram coragem, se doaram. Merecemos o empate", analisou.

Um dos desfalques contra o Rubro-Negro foi o atacante Alexandre Pato, que se recupera de uma lesão na coxa direita. Questionado como o camisa 7 do São Paulo se encaixaria em seu esquema, o treinador despistou e aproveitou para elogiar a qualidade do jogador. Veja o que disse:

O novo técnico do clube paulista ainda comentou sobre o áudio de Vagner Mancini vazado neste sábado em que diz que foi o lateral Daniel Alves que pediu a sua contratação. Diniz despistou sobre o ex-coordenador e celebrou o respaldo que teve do elenco são-paulino.
 
"O Mancini é muito amigo, amigo mesmo. Falando dos jogadores, é um reconhecimento de um trabalho de 10 anos. Eu tento tirar o melhor deles. Eles vão vendo o trabalho ao ponto de ter esse tipo de apelo e vontade de jogar comigo. Um grande troféu para mim", completou.

O São Paulo agora se prepara para enfrentar o Fortaleza no próximo sábado (5), às 17h (de Brasília), no estádio do Pacaembu, pela 22ª rodada do Brasileirão.
Comentários