Brasileirão

Em meio a demissões de técnicos, presidente do Santos garante permanência de Sampaoli

Após rodada que gerou a queda de quatro treinadores - Cuca, Oswaldo de Oliveira, Rogério Ceni e Zé Ricardo -, o presidente do Santos, José Carlos Peres, garantiu a permanência de Sampaoli no comando do clube, valorizando o planejamento feito pelo Peixe

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

José Carlos Peres, presidente do Santos, confirmou permanência de Sampaoli por planejamento do clube

José Carlos Peres, presidente do Santos, confirmou permanência de Sampaoli por planejamento do clube

Entre quinta-feira, 27 de setembro de 2019, e esta sexta (28), quatro treinadores deixaram seus cargos no futebol brasileiro: Cuca, Oswaldo de Oliveira, Rogério Ceni e Zé Ricardo saíram, respectivamente, de São Paulo, Fluminense, Cruzeiro e Fortaleza. Em meio a uma crise geral entre clubes e técnicos, o presidente do Santos, José Carlos Peres, garantiu a permanência de Sampaoli apesar do momento de oscilação pelo qual o Peixe tem passado.

Sampaoli foi contratado de forma planejada e com tempo para adaptação. A diretoria sabe que o Campeonato Brasileiro é muito equilibrado e disputado, basta ver a tabela. O time precisa de apoio e não esta necessidade de alguns de criar crise", disse Peres

“Estamos fechados com a comissão técnica e o elenco. Obviamente que o momento é de união e comprometimento de todos. Agenda positiva, mesmo diante dos resultados inesperados: o Santos continua entre os primeiros colocados. Vamos para a terceira rodada do segundo turno e certamente haverá muitos altos e baixos de todas as equipes que disputam esta que consideramos a mais difícil entre todas”, afirmou em entrevista à Gazeta Esportiva.

José Carlos Peres, presidente do Santos, confia em vitória diante do CSA, na Vila Belmiro

Em uma sequência de quatro jogos sem vitórias - empates contra Athletico e Fluminense e derrotas para Grêmio e Flamengo -, o Peixe segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, mas sete pontos atrás do Palmeiras e com dez de distância para o Flamengo. Para Peres, o próximo jogo, contra o CSA, domingo (28), às 16h (de Brasília), é uma chance para o Santos reencontrar o caminho das vitórias na frente de sua torcida.

“Pedimos ao torcedor para apoiar o time com fé, pois a reação certamente virá neste domingo. Não há outra opção, a não ser por aqueles que semeiam a semente da discórdia e aguardam dar errado para saírem da toca. Nosso clube, até pela sua história, sabe que para nós tudo é difícil. Então vamos à luta. No próximo domingo será o dia do nosso retorno à trilha da vitória”, afirmou.

Comentários