Brasileirão

Ganso e Oswaldo de Oliveira recebem advertência por discussão

Ex-técnico do Tricolor foi suspenso por dois jogos por fazer um gesto obsceno para a torcida. Digão e Frazan, do Flu, pegaram gancho de um jogo, mas já cumpriram automaticamente

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Ganso discutiu com o técnico Oswaldo de Oliveira durante partida contra o Santos I Foto: GettyImages

Ganso discutiu com o técnico Oswaldo de Oliveira durante partida contra o Santos I Foto: GettyImages

O tribunal do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgou o técnico Oswaldo de Oliveira e os atletas envolvidos nos incidentes na partida entre Fluminense e Santos, pela 21ª rodada do Brasileirão. Expulsos no jogo, Digão e Frazan, do Tricolor, foram punidos com um jogo de suspensão (já cumprida) e Marinho, do clube paulista, foi absolvido.

Paulo Henrique Ganso e Oswaldo de Oliveira, na época técnico do time carioca, receberam apenas uma advertência por causa da troca de ofensas durante o confronto. Porém, o treinador foi suspenso por dois jogos por fazer um gesto obsceno para a torcida no Maracanã. Cabe recurso tanto dos clubes, quanto da procuradoria do STJD.

O Fluminense volta a campo nesta quinta-feira (17), às 21h (de Brasília), para enfrentar o Athletico-PR, no Maracanã, pela 26ª rodada do Brasileirão.

Comentários