Brasileirão

Jesus exalta a atuação do Flamengo, mas mantém cautela: 'Nada está conquistado'

Em coletiva após a vitória sobre o Atlético-MG, no Maracanã, o técnico do Flamengo elogiou o desempenho de Vitinho e Arão, e ainda comentou sobre Seleção Brasileira

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Jorge Jesus exaltou o desempenho da equipe do Flamengo contra o Atlético-MG I Foto: GettyImages

Jorge Jesus exaltou o desempenho da equipe do Flamengo contra o Atlético-MG I Foto: GettyImages

Em uma longa coletiva após a vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG, por 3 a 1, no Maracanã, em partida válida pela 24ª rodada do Brasileirão, o técnico Rubro-negro Jorge Jesus exaltou o desempenho de sua equipe, agradeceu a torcida e elogiou as atuações de Vitinho e Arão.

“Fizemos mais um excelente jogo, com muita qualidade técnica e tática, contra um adversário que não nos deu espaço, fechou os corredores para poder anular nossa capacidade ofensiva. Não conseguiu. A equipe do Flamengo tem muita capacidade não somente tática, mas também individualmente. Quero agradecer ao torcedor que nos apoiou e é importante ver que eles nos apoiavam. O Arão era o Patinho Feio e hoje é um ídolo. Temos que olhar o Flamengo como um todo, não pelo Mister ou jogador A ou B”.

Ao ser perguntado sobre o bom desempenho de Vitinho na vitória desta quarta-feira (10), Jesus ressaltou a importância da torcida para aumentar a confiança do camisa 11.

“Claro que quando você joga no Flamengo vem a pressão. Esse é um dado importantíssimo. Sentir que a camisa é pesada. Nem todos têm essa capacidade. O Vitinho foi determinante não só pela assistência ou gol. É um jogador que tem dificuldade de conviver com determinada situação. Por isso, é importante a ovação que ele recebeu”.

Jorge Jesus também comentou sobre a possibilidade de um dia assumir o comando da Seleção Brasileira e deixou claro que, atualmente, o seu foco principal é a equipe da Gávea.

“Ninguém tem dúvidas de que (a Seleção) é uma das melhores do mundo, tem os melhores jogadores e um excelente técnico. Estou fazendo meu trabalho no Flamengo. Vim com o objetivo esportivo no Flamengo. Não sei se vou alcançar, já estive mais longe. E esse é o meu foco”.

O técnico do Flamengo foi questionado sobre o maior adversário da equipe e fez questão de destacar a importância de manter os pés no chão durante o restante do Brasileirão.

"Nada está conquistado. Já ganhei campeonatos a cinco rodadas do fim e já venci com cinco pontos de vantagem. Claro que os anos nos dão experiência e conhecimento para essas situações".

Comentários