Brasileirão

Juanfran divide responsabilidade de Diniz com elenco do São Paulo: 'Todos juntos'

O lateral direito Juanfran pediu para que as cobranças não sejam apenas em cima do novo treinador do São Paulo, Fernando Diniz, contratado para substituir Cuca no comando da equipe

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Juanfran concedeu entrevista coletiva nesta segunda (30) no CT do São Paulo

Juanfran concedeu entrevista coletiva nesta segunda (30) no CT do São Paulo

O São Paulo resistiu ao primeiro teste de Fernando Diniz no comando da equipe. O empate em 0 a 0 no Maracanã, contra o líder Flamengo, deixou boas impressões para a torcida e para os jogadores do elenco. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (30), Juanfran pediu para que as cobranças não sejam apenas em cima do novo comandante, mas também ao elenco.

"É uma troca que temos que fazer todos juntos, não só o Fernando. Cada um tem que mudar sua forma de jogo. Ele não é só o responsável, tem também os jogadores. Temos que ir dentro de nós e sabemos que cada um tem que dar o melhor para, quem sabe, no fim do campeonato, o São Paulo ficar na parte de cima da tabela. Pela história do clube, temos que fazer muito mais. A torcida tem que estar junto com a gente", garantiu.

Fernando Diniz fez sua estreia como técnico do São Paulo no empate em 0 a 0 com o líder Flamengo

Com uma ideia de futebol com toque de bola desde a defesa, o estilo de jogo de Diniz exige adaptação por parte dos jogadores. Para Juanfran, o time precisa de "coragem e coração" para conquistar bons resultados.

"Ele tem uma ideia bem definida de jogo, quer jogar desde trás. É uma ideia que muitos querem fazer, mas é complicada, porque os jogos são diferentes, os jogadores são diferentes.  Ele está tentando encontrar o equilíbrio com e sem a bola. O mais importante para ele e para nós é que a torcida esteja orgulhosa do nosso trabalho. Temos que crer em sua ideia de jogo e no seu trabalho", garantiu.

Diniz buscará melhorar desempenho fraco do São Paulo jogando em casa

Com 18 pontos conquistados em 11 jogos em casa, o São Paulo é apenas o 12º melhor mandante do Brasileirão. A equipe venceu quatro partidas, empatou seis e perdeu apenas um, com 54,5% de aproveitamento - exatamente a mesma quantidade de pontos conquistada longe do Morumbi. Para Juanfran, o Tricolor precisa se impor mais em seus domínios para buscar voos mais altos na competição.

"Com esse novo treinador temos que tirar de todo o time para melhorar, principalmente dentro de casa, que perdemos muitos pontos. Não podemos perder mais. Se tivéssemos melhor em casa a gente estava melhor na tabela. Estamos com a mentalidade de não perder mais pontos em casa", revelou.

Próximo jogo do São Paulo será no Pacaembu, contra o Fortaleza, no próximo sábado (05), às 17h (de Brasília), pela 23º rodada. O Tricolor ocupa a sexta colocação do Brasileiro, com 36 pontos.

Comentários