Brasileirão

Luxemburgo diz que Castan é perseguido pelo árbitro Rafael Traci: 'Covardia muito grande'

Treinador protestou contra o cartão vermelho aplicado para o zagueiro do clube carioca

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Luxemburgo saiu irritado do jogo contra o Palmeiras(Wagner Meier/Getty Images)

Luxemburgo saiu irritado do jogo contra o Palmeiras | Wagner Meier/Getty Images

O técnico Vanderlei Luxemburgo não poupou críticas ao Rafael Traci. Irritado com a expulsão de Castan, o treinador vascaíno acusou o árbitro de perseguir o zagueiro cruzmaltino. Em entrevista coletiva, após a vitória do Palmeiras por 2 a 1, em São Januário, Luxa tratou como "covardia" as atitudes do juiz contra o jogador do Vasco.

"Esse árbitro persegue o Castan. Perseguição é uma coisa meio complicada. Acho isso uma covardia muito grande. Quantas faltas o time do Palmeiras fez no primeiro tempo e como ele amarelou o nosso time? É complicada a maneira como ele conduziu o jogo", disse.

Leandro Castan levou cartão vermelho no segundo tempo, após reclamação de um suposto pênalti não marcado para o Vasco. A expulsão do zagueiro foi motivo de protesto também do presidente Alexandre Campello, que prometeu ir à CBF para formalizar a reclamação

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

Sem o defensor, que cumprirá suspensão, o Vasco volta a campo no domingo (10), quando enfrenta o CSA. A partida é pela 32ª rodada, no Rei Pelé,  às 19h (de Brasília). 

Comentários