Brasileirão

Presidente do Santos pode pegar gancho de até 180 dias por declaração sobre o Flamengo

José Carlos Peres, presidente do Santos, afirmou que "se depender do VAR, o Flamengo será o campeão" do Brasileirão; para o STJD, o mandatário "extrapolou os limites da indignação e desrespeitou a arbitragem"

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

José Carlos Peres, presidente do Santos, foi indiciado por "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões"(Ivan Storti/Santos FC)

José Carlos Peres, presidente do Santos, foi indiciado por "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões" | Ivan Storti/Santos FC

O Santos pode ter seu presidente punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). José Carlos Peres foi indiciado pela declaração de que "se depender do VAR, o Flamengo será o campeão" do Campeonato Brasileiro, em entrevista concedida para a rádio 'Energia 97'.

O tribunal divulgou nota oficial analisando que Peres "extrapolou os limites da indignação e desrespeitou a arbitragem", além de garantir que "a atitude imprópria do denunciado ao realizar uma reclamação pela via inadequada causa extremo abalo na estabilidade da competição".

Indiciado no artigo 258, inciso II (desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o mandatário do Santos pode pegar gancho de 15 a 180 dias.

Assista ao Brasileirão no EI Plus!

Comentários