Brasileirão

'Uma hora a conta chega', comenta Perrella sobre erros do Cruzeiro

Gestor de futebol da Raposa compartilhou a culpa da queda com todos que 'vivem o Cruzeiro'

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Gestor de futebol da Raposa compartilhou a culpa da queda com todos que 'vivem o Cruzeiro I Foto: Fernando Moreno/AGIF

Gestor de futebol da Raposa compartilhou a culpa da queda com todos que 'vivem o Cruzeiro I Foto: Fernando Moreno/AGIF

Com a derrota para o Palmeiras por 2 a 0, neste domingo (8), no Mineirão, o Cruzeiro amargou o primeiro rebaixamento de sua história. Em entrevista coletiva após a partida, Zezé Perrella compartilhou a parcela de culpa pela queda com todos que "vivem o clube".

"Cada um de nós que vivemos o Cruzeiro temos uma parcela de responsabilidade. Eu, quando aceitei trabalhar como gestor de futebol, sabia os riscos que estava correndo. Um legado de 17 anos, 23 títulos, Toca da Raposa que construímos sem pegar um real emprestado. Contra meu irmão resolvi aceitar esse desafio, sabendo da imensa dificuldade que iria enfrentar".

Gestor de futebol e presidente do Conselho Deliberativo da Raposa, Perrella também destacou a importância dos torcedores no processo para reerguer o Cruzeiro.

"Já vimos isso com outros gigantes. Na segunda divisão tiveram oportunidade de rever tudo e recomeçar. O mais importante nós não perdemos, que são 9 milhões de torcedores que vão nos ajudar a reerguer esse time querido".

O dirigente ressaltou que os erros que o clube mineiro e seus profissionais vêm cometendo ao logo dos anos teriam consequências negativas em algum momento.

Zezé Perrella concedeu entrevista coletiva ao lado do técnico Adilson Batista I Foto

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

"Eu não estou transferindo responsabilidade. Foram decisões temerárias, as coisas que aconteceram aqui. Em busca de ganhar um título, ser campeão brasileiro... isso tem um preço e uma hora a conta chega. E a conta chegou".

O Cruzeiro terminou o Campeonato Brasileiro na 17ª colocação, a três pontos do Ceará, o primeiro clube fora da zona de rebaixamento.

Comentários