Brasileirão

Vice-presidente da Chapecoense se posiciona contra a arbitragem após derrota

Dirigente lamenta dois pontos perdidos para o Palmeiras no último minuto de jogo

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Zagueiro Gum, da Chapecoense, foi expulso no segundo tempo da partida(Marcello Zambrana/AGIF)

Zagueiro Gum, da Chapecoense, foi expulso no segundo tempo da partida | Marcello Zambrana/AGIF

A arbitragem voltou a ser pauta nessa 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. No jogo entre Palmeiras e Chapecoense, Gum, expulso na partida, acredita que o árbitro foi rigoroso na sua decisão. Além disso, o gol do Palmeiras também gerou polêmicas.

O atacante Henrique afirmou que o jogo já havia terminado quando Felipe Melo abriu o placar para o Verdão. O juiz deu nove minutos de acréscimo, com o tento do Palmeiras no último minuto.

Confira a declaração do vice-presidente da Chapecoense, Cleimar Spessato:

O Brasil inteiro viu o que aconteceu hoje a noite. Faço um pedido ao Gaciba. As reuniões que faz nos hotéis com os jogadores, por Whatsapp com os membros da diretoria da Chape. Queria que se pronunciasse ao vivo na TV para explicar esse tipo de atitude dos juízes. Ele falar em off é uma coisa, agora vir à TV e falar o que está acontecendo... Passaram a mão na Chapecoense. Nós não concordamos, mas o resultado está aí. O Palmeiras não precisa destes dois pontos. O Palmeiras ia se recuperar ali na frente, mas para nós fez uma diferença muito grande. Vamos atrás de nosso objetivo que é ficar na Série A.

A situação da Chapecoense na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro é delicada. A equipe é lanterna, com 16 pontos conquistados em 26 jogos. São apenas três vitórias, outros sete empates e 16 derrotas na competição.

  • CHAPECOENSE
Comentários