Futebol Brasileiro

Abel revela recusa de Uendel e dificuldade do Vasco em contratar

Técnico disse que ligou para três jogadores diferentes, mas que não obteve sucesso em nenhuma das conversas

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Abel Braga em papo com um dos líderes do elenco vascaíno, o zagueiro Leandro Castan(Carlos Gregório Jr / Vasco)

Abel Braga em papo com um dos líderes do elenco vascaíno, o zagueiro Leandro Castan | Carlos Gregório Jr / Vasco

O início de temporada no Vasco está complicado. Pelo menos no que se diz a respeito de contratações de novos jogadores. Em coletiva, o técnico Abel Braga revelou que o clube está encontrando muitas dificuldades para adquirir nomes para a temporada de 2020. Um exemplo é Uendel, lateral do Internacional, que recusou jogar no Cruz-Maltino.

"Ele foi o primeiro a ser conversado. Esse não teve nada de não querer vir para o Rio. Ele não quis vir para o Vasco. O pior é que estou vendo que ele vai ficar no Inter, que não o quer. Isso é passado. Ele foi o primeiro jogador realmente tentando. Então, vamos com os garotos. Vamos com eles. Problema zero. Dentro da continuidade, com mais cama, vamos tentando melhor ao longo do ano".

Abel explicou melhor a situação de outros atletas que ele também chegou a entrar em contato. Segundo o comandante vascaíno, várias situações diferentes foram empecilhos nas tentativas de reforçar a equipe para este ano. Na tarde desta quinta (09), Michel, do Grêmio, um dos alvos da instituição carioca, acertou com o Fortaleza.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

"Isso que me chateou. Eu liguei para três. Um praticamente cheguei atrasado, ele já tinha falado com outro clube. Não me disse que tinha dado a palavra. O outro, não. Rolou o papo. Ele disse que tinha de falar com a esposa. E depois ela não quis morar no Rio. Poxa. Rio é a capital do Brasil. Os problemas que temos são os mesmos dos outros, mas aqui temos a beleza natural. Não veio, paciência. Cada um sabe da sua vida. Eles também não têm noção exata do tamanho do Vasco. Deveriam ter prestado mais atenção no que a torcida fez nos últimos meses. Foi sensacional".

"Todos os problemas aqui estão sendo administrado e sendo controlados. Então, nós temos encontrado dificuldades. Nós não vamos fugir daquilo de característica que o jogador precisa ter para cair no agrado da torcida. Não vamos fugir disso, não vamos fazer loucuras. Aquilo que vier... a margem de erro tem de ser muitíssimo pequena. Se puder ser erro zero, melhor ainda", finalizou Abel.

Comentários