Futebol Brasileiro

Alex elogia Felipão como técnico, mas afirma: 'Enquanto pessoa, tenho várias ressalvas'

O ex-meia Alex também falou sobre a diferença entre não ter sido convocado para a Copa do Mundo de 2002 e de 2006, quando o treinador era Parreira

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Alex foi convocado por Felipão para a Copa América de 2001(Getty Images)

Alex foi convocado por Felipão para a Copa América de 2001 | Getty Images

O ex-meia Alex não ter disputado uma Copa do Mundo sempre é ponto para polêmica. Não tendo sido convocado para os mundiais de 2002 e 2006, o atleta elogiou Felipão, técnico do Penta, em 2002, como treinador, mas fez uma ressalva quanto ao ex-comandante da Amarelinha.

"Felipão enquanto treinador foi fantástico para mim. Só guardo coisas boas. Tenho carinho e respeito grande e agradecimento enorme, pois aprendi muito naquele período. Muito das coisas que eu fiz na frente foi porque ele me ajudou bastante. Enquanto pessoa, sinceramente, tenho várias ressalvas quanto a isso", disse.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O jogador também comentou as diferenças sobre não ter sido convocado para as duas Copas do Mundo e como foi a relação com os técnicos (Felipão e Parreira, respectivamente).

"A diferença maior entre 2002 e 2006 é que a relação pessoal que eu tinha com o Felipe (Felipão) me fazia acreditar que eu iria para a Copa. Acabo não indo. E a relação com o Parreira, que era pequena, mas que pessoalmente ele agiu de maneira diferente comigo, mas também acabo não indo. Mas, hoje, em 2020, já tive com o Felipe incontáveis vezes, minha carreira mostra, segui jogando em bom nível", afirmou.

 
Bruno Maziotti, chefe do departamento de prevenção e performance do PSG, fala sobre cancelamento da Ligue 1
Comentários