Futebol Brasileiro

Alvo do Real Madrid, Camavinga superou incêndio e casa destruída para virar uma das joias do futebol francês

Em entrevista ao jornal 'Ouest France', volante franco-angolano contou história que fez família recomeçar do zero

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Eduardo Camavinga pode jogar no Real Madrid na próxima temporada(Getty Images)

Eduardo Camavinga pode jogar no Real Madrid na próxima temporada | Getty Images

Uma das grandes joias do futebol francês e, inclusive, alvo do Real Madrid para a próxima temporada, Eduardo Camavinga teve uma infância difícil, como a maioria dos jogadores. No entanto, o volante teve que superar uma grande tragédia, que quase fez ele parar quando criança.

Em entrevista ao jornal 'Ouest France', o jogador do Rennes contou sobre o dia em que simplesmente viu sua casa queimar e o fogo destruir tudo.

"Me lembro como se fosse ontem. Estava na escola e, pela janela, vi vários caminhões de bombeiro passarem. Quando acabou a aula, o professor nos explicou o que tinha acontecido. Havia pego fogo na minha casa. Meu pai me levou para ver o que aconteceu e estava tudo destruído", revelou.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Contudo, seu pai não perdeu as esperanças e tratou de tranquilizar o pequeno naquele momento complicado.

"Então, ele me disse para não me preocupasse, que eu era a grande esperança da família, que eu viraria um grande jogador e seguiriamos em frente", completou o jogador, que nasceu na Angola, mas se refugiou na França ainda muito cedo por conta de conflitos dentro do país africano.

Além do Real Madrid, outro time que estuda a contratação de Camavinga é o Manchester United e o Rennes pede 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 355 milhões) para liberar o meia, que fez 35 partidas na temporada 2019/20.

 
Rony revela que tem admiração por Real Madrid e Barcelona ao falar sobre sonho de atuar na Europa
Comentários