Futebol Brasileiro

Ano novo, vida nova: como chega a dupla AtleTiba para a temporada de 2020

Rivais vivem momentos opostos atualmente: o Coritiba acaba de voltar à elite do futebol brasileiro, enquanto o Athletico sonha com a Libertadores

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Coritiba e Athletico vivem momentos diferentes

Coritiba e Athletico vivem momentos diferentes

Falta pouco para a bola voltar a rolar para a dupla AtleTiba no futebol brasileiro. O Campeonato Paranaense começa amanhã (19) e, por conta disso, a preparação dos times foi intensa até aqui. 

Enquanto o Athletico sonha com a Libertadores e irá usar o time de aspirantes no estadual, o Coritiba deve entrar no campeonato pensando no título. Com muitas mudanças no elenco, o Coxa se reforçou bem para a temporada e manteve o pilar da equipe que conseguiu o acesso ao Brasileirão. Já o Furacão perdeu peças importantes de 2019: Tiago Nunes, Thonny Anderson, Camacho e Marco Rúben, além de poder perder Rony e Bruno Guimarães. Ambos os times estão com novas caras no banco de reservas: Eduardo Barroca assumiu o Coxa e Dorival Junior, o Athletico.

Confira abaixo um resumo de como os arquirrivais chegam para o ano: 

CORITIBA:

  • QUEM CHEGOU: Eduardo Barroca (técnico), Rodolfo (zagueiro - Paraná), Rhodolfo (zagueiro - Flamengo), César (goleiro - Londrina), Lucas Ramon (lateral - Londrina), Nathan Silva (volante - Atlético Goianiense), Renê Jr. (volante - Corinthians), Gabriel (meia - Kashiwa Reysol), Caetano (zagueiro - Corinthians).

  • QUEM PODE CHEGAR: Berrio (atacante - Flamengo), Guerra (meia - Palmeiras), Sassá (atacante - Cruzeiro).

  • QUEM SAIU: Rodrigão (atacante - Ceará), Thalisson Kelven (zagueiro - CRB), Sávio (lateral - Operário), Diogo Mateus (lateral), Felipe Mattioni (lateral), Walisson Maia (zagueiro), Fabiano (lateral), Patrick Brey (lateral), William Matheus (lateral), Serginho (volante), Lucas Tocantins (atacante), Kelvim (atacante) - os últimos por conta de fim de contrato.

  • COMPETIÇÕES QUE VAI DISPUTAR: Campeonato Paranaense, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

PELO QUE VAI ASPIRAR

Paranaense: Favorito ao título, tendo em vista que o Athletico irá utilizar o time de aspirantes. Com a mesma base de 2019, o time teve peças que irão acrescentar muito ao elenco de Eduardo Barroca.

BRASILEIRÃO: Deve brigar contra o rebaixamento e, talvez, chegar na Copa Sul-Americana. Apesar das contratações, o time pode sofrer contra times mais preparados.

COPA DO BRASIL: Enfrenta o Manaus na primeira fase e, dependendo do chaveamento, pode chegar até as oitavas de final, quando os times da Libertadores entram no torneio.

ATHLETICO:

  • QUEM CHEGOU: Dorival Junior (técnico), Fernando Canesin (meia - KV Oostende), Carlos Eduardo (atacante - Palmeiras), Marquinhos Gabriel (meia-atacante - Cruzeiro).
  • QUEM PODE CHEGAR: Marcelo Weigandt (lateral - Boca Juniors), Andy Polar (meia - Binacional).
  • QUEM SAIU: Madson (lateral - Santos), Pedro Henrique (zagueiro - Corinthians), Camacho (meia - Corinthians), Everton Felipe (meia - Cruzeiro), Tomás Andrade (meia - Argentino Jrs.), Thonny Anderson (meia- Red Bull Bragantino), Braian Romero (atacante - Independiente), Marcelo Cirino ( atacante -Chongqing Lifan), Marco Rúben (atacante - Rosario Central), Lucas Macanhan (goleiro - São Bento), Caio (goleiro - Água Santa), Nicolas (lateral-esquerdo - Atlético Goianiense), Reginaldo (lateral-direito - Atlético Goianiense), Bruno Rodrigues (atacante - Ponte Preta), Crysan (atacante - Santa Clara), João Pedro (meia - Atlético Goianiense), Douglas Coutinho (atacante - Operário), Abner Felipe (lateral - Água Santa).

PELO QUE VAI ASPIRAR

PARANAENSE: Mesmo com o time de aspirantes, o Athletico pode brigar pelo título. Time é bom e bem treinado.

BRASILEIRÃO: Como de costume nos últimos anos, o Athletico deve se destacar mais nas competições de mata-mata. Com um novo técnico e o time diferente, o clube deve ficar no meio da tabela.

libertadores: Em um grupo com Colo-Colo, Jorge Willstermann e Peñarol, o Athletico deve chegar ao mata-mata sem qualquer dificuldades. Lá, dependendo do sorteio, pode avançar bem.

Copa do Brasil: Direto nas oitavas, o atual campeão pode sonhar alto. Apesar das mudanças do time, o Athletico provou que sabe jogar esse tipo de competição nos últimos anos. 

Comentários