Futebol Brasileiro

Após derrota para o Coimbra, Adilson Batista é demitido do Cruzeiro

O técnico não resistiu a mais um resultado ruim e acabou sendo desligado do clube

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Adilson é demitido do Cruzeiro após nova derrota(Alessandra Torres/AGIF)

Adilson é demitido do Cruzeiro após nova derrota | Alessandra Torres/AGIF

Na tarde deste domingo (15) o Cruzeiro entrou em campo pelo Campeonato Mineiro, contra o Coimbra. Com mais um resultado ruim na conta, Adilson Batista, que vinha balançando no cargo, acabou sendo demitido.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!
Na coletiva após o jogo do estadual, o treinador soltou o verbo e deixou claro que estava sendo demitido do cargo e que não gostou da situação em que foi posto. Confira trechos da coletiva: 

"Fui demitido pelo Carlos (Ferreira, gestor do futebol do Cruzeiro). Estarei na torcida, deixo claro que estou chateado pelos resultados recentes, que também temos culpa. Mas a gente precisa entender o processo."

O comandante foi mais além e falou sobre a crise interna que o clube celeste enfrenta:

"Tive a coragem de pedir pra que determinados jogadores saíssem, enfrentei. Ajudei nesse processo, com o clube numa bagunça, uma desordem. Atletas tomaram conta do clube, derrubaram o Mano, meu amigo, Abel, Rogério Ceni, tomaram conta do clube. Então, você chega e tem que limpar. Dei treino, durante alguns dias, com jogadores que eu não teria, até resolver esta situação, porque não tínhamos comando. Rezo pra que o clube tenha logo um presidente. Tá precisando urgentemente. Hoje tem 8 gestores. E os oito querem tomar conta do futebol."

O treinador foi demitido após derrota para o Coimbra, por 1 a 0, no Campeonato Mineiro. O Cruzeiro não vence há quatro partidas, foram três derrotas e um empate.

Comentários