Futebol Brasileiro

Após luta pelo acesso, Almería deve fazer proposta inferior à do começo do ano por Gustavo Scarpa

Palmeiras quase fechou negócio em janeiro, mas Fair Play Financeiro impediu a consolidação da transferência de Scarpa para o clube espanhol

Por Rodrigo Fragoso

Gustavo Scarpa chegou ao Palmeiras em 2017(Ag. Palmeiras/Cesar Greco)

Gustavo Scarpa chegou ao Palmeiras em 2017 | Ag. Palmeiras/Cesar Greco

O Palmeiras pode lucrar com Gustavo Scarpa em um negócio com o Almería, da Espanha, mas os números não devem ser tão bons quanto teriam sido em uma venda do jogador no começo do ano. A informação de uma nova investida do clube espanhol nesse segundo semestre foi veiculada pelo 'Blog do Danilo Lavieri', no 'UOL', e a reportagem do Esporte Interativo apurou a expectativa de valores mais baixos.

No início de 2020, o Almería chegou a acertar com o Palmeiras um acordo envolvendo 7 milhões de euros (R$ 42 milhões na cotação atual) por Gustavo Scarpa, mas o negócio naufragou por conta do Fair Play Financeiro e uma promessa de novas conversas no meio do ano foi feita.

Na luta pelo acesso para La Liga, o Almería ainda não oficializou nenhuma proposta, mas a reportagem do Esporte Interativo apurou que já sinalizou interessado em fazer uma nova investida pelo jogador, com a diferença de que a crise econômica tornará a proposta inferior àquela realizada em janeiro. A expectativa é de que ela seja realizada após o término da temporada.

Em 2020, o Palmeiras disputou 12 partidas oficiais entre Paulistão e Copa Libertadores da América e Gustavo Scarpa não conseguiu espaço para muitas oportunidades com Vanderlei Luxemburgo. Ele participou de apenas três partidas, sendo titular em duas oportunidades e substituído em ambas. No ano passado, Scarpa foi o 10º jogador do elenco alviverde em minutagem durante a temporada.

Comentários