Futebol Brasileiro

Após mais uma derrota do Cruzeiro, Robinho dispara: 'Só um milagre'

Derrota para o CSA no Mineirão fez torcedores perderem a paciência com elenco nesta quarta-feira 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Robinho foi direto ao falar sobre a situação delicada do Cruzeiro no Brasileirão(Fernando Moreno/AGIF)

Robinho foi direto ao falar sobre a situação delicada do Cruzeiro no Brasileirão | Fernando Moreno/AGIF

Que o clima no Cruzeiro não está nada bom não é segredo para ninguém. Nesta quarta-feira (28), após mais uma derrota no Brasileirão, desta vez em casa, para o CSA, o meia Robinho e o lateral Egídio foram dois dos poucos jogadores que falaram sobre a situação deliciada da Raposa. Para o meia, apenas um milagre salva o clube celeste do rebaixamento para a Série B. 

"Nesse exato momento só um milagre. Não sei nem o que falar, mas é isso, um milagre, se apegar que a gente venha jogar melhor fora de casa, é isso que a gente tem que se apegar agora. Pior de tudo vai ser depois se a gente não se apegar nas esperanças e a gente acabar caindo por um ponto de diferença pro Ceará, isso que vai ser difícil entender. Mas nesse momento é se apegar no milagre e acreditar", desabafou Robinho. 

Na saída do Mineirão, Egídio também falou sobre os próximos compromissos do Cruzeiro e afirmou não saber o que está acontecendo com a equipe celeste. 

"Sinceramente a gente não ta entendendo o que tá acontecendo. Mas tem tres jogos, restam três jogos, estamos um ponto atrás do Ceará, nossa briga é direta contra o Ceará então não vamos baixar nossa guarda não. Enquanto houver chance a gente acredita muito na gente, temos que acreditar em si próprio, em cada um de nós ali, unir forças, somos um time muito forte, já provamos isso várias vezes. Não podemos deixar o pior acontecer, nós vamos lutar pra poder sair dessa situação. A gente queria vencer em casa, agora vamos vencer fora, temos que lutar pra vencer fora, hoje esse é o único caminho."

Hoje, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação, primeiro time da zona de rebaixamento com 36 pontos. Os próximos compromissos da Raposa são contra Vasco e Grêmio, fora de casa, e Palmeiras, no Mineirão.  

Comentários