Futebol Brasileiro

Após novas críticas sobre atuação de Rony no Palmeiras, Luxemburgo diz: 'Não existe proteção'

Técnico do Palmeiras justifica escalação do atacante no time titular novamente e pede calma ao torcedor

Por Rodrigo Fragoso

O técnico Vanderlei Luxemburgo tem trabalhado para recuperar o atacante Rony(Ag. Palmeiras/Cesar Greco)

O técnico Vanderlei Luxemburgo tem trabalhado para recuperar o atacante Rony | Ag. Palmeiras/Cesar Greco

O atacante Rony foi bastante criticado novamente pelo torcedor do Palmeiras após sua performance no time titular diante do Grêmio, em Porto Alegre. Ele foi substituído aos 15 minutos do 2º tempo e o técnico Vanderlei Luxemburgo pediu paciência ao torcedor quando o assunto envolve o camisa 11 do elenco alviverde.


"Tudo que é muito ruim hoje é muito bom amanhã. Temos que dar a oportunidade do moleque entrar e dar tranquilidade pra ele. Agora, não existe proteção. Se for pra proteger, mando ficar em casa. Tenho que ir colocando com inteligência. Achei que era o momento de repetir. Mas vamos tendo calma pra seguir com ele", disse Vanderlei Luxemburgo na entrevista coletiva após o empate no Sul.


Rony voltou a ser titular no confronto com o Bolívar, pela Copa Libertadores da América, na partida anterior ao jogo contra o Grêmio. Ele foi eleito o melhor jogador da partida após sofrer o pênalti que rendeu o primeiro gol do jogo e dar assistência para Gabriel Menino fazer o segundo. 


"Não tem como você blindar (das críticas). Você protege um pouco mais, eu botei o Rony pra jogar porque ele teve uma atuação muito boa no jogo passado. Era a chance de ir bem e começar a ocupar o espaço. A gente está acostumado, são duas partidas boas, um gol ou dois e muda tudo", falou Luxemburgo.


Com o empate diante do Grêmio, o Palmeiras alcança 16 partidas consecutivas sem derrota. Pelo Brasileirão, são quatro vitórias e seis empates em 10 jogos. O Verdão volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, às  21h30 (de Brasília), em partida válida pela Copa Libertadores da América. A equipe viaja até o Paraguai para enfrentar o Guaraní.

Comentários