Futebol Brasileiro

Após vitória, Cuca fala em motivação ao enfrentar Sampaoli e destaca comprometimento do time: 'Era pra todo mundo estar 'p' da vida'

O Santos venceu o Atlético-MG por 2 a 1 na Vila Belmiro e emendou a segunda vitória consecutiva mesmo com salários atrasados

Por Rodrigo Fragoso

Cuca conseguiu a segunda vitória consecutiva com o Santos após o triunfo contra o Atlético-MG(Ivan Storti/Santos FC)

Cuca conseguiu a segunda vitória consecutiva com o Santos após o triunfo contra o Atlético-MG | Ivan Storti/Santos FC

A vitória do Santos sobre o Atlético-MG por 2 a 1 na Vila Belmiro encheu o torcedor do Peixe de orgulho e o fez até esquecer as dificuldades que o clube tem passado nessa temporada. O resultado diante do técnico Jorge Sampaoli, que deixou o clube brigado com a diretoria, foi muito comemorado e Cuca fez questão de ressaltar a motivação que existe quando alguém enfrenta o argentino.


"Acho que jogar contra o Sampaoli motiva a todos, não só porque era do Santos. Ele é um grande treinador, tem sangue na veia e está cheio de ideias novas. Tem time pra lutar na parte de cima, eles vendem muito caro uma derrota. Temos que saborear o que aconteceu aqui hoje", disse Cuca em entrevista coletiva após o jogo.


Sem poder contratar jogadores, Cuca vem utilizando os garotos das categorias de base com muita frequência para solucionar os problemas do time principal, fato que enche o técnico de orgulho. Não só pelo rendimento de todo o grupo, mas também por conta do comprometimento demonstrado mesmo com as dificuldades extra-campo.


"O torcedor deve estar muito contente com esses meninos. Todo mundo poderia estar 'p' da vida, falando em salário atrasado, dizendo que não vai jogar, mas ninguém está falando nada. Estamos todos unidos. O presidente vai organizar tudo isso e vai melhorar ainda mais, porque o principal a gente tem que é a união do grupo", concluiu o treinador santista.
 

Comentários