Futebol Brasileiro

Atlético-GO consegue recurso para escalar atletas que testaram positivo para Covid-19

Clube de Goiânia enfrenta o Flamengo, na noite desta quarta (12), pela 2ª rodada do Brasileirão

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Atletas do Atlético-GO estão liberados para a partida contra o Flamengo I Foto: Heber Gomes/Atlético-GO

Atletas do Atlético-GO estão liberados para a partida contra o Flamengo I Foto: Heber Gomes/Atlético-GO

O Atlético-GO entrou com um recurso na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para escalar na próxima partida, contra o Flamengo, os quatro jogadores que testaram positivo para Covid-19. Segundo o clube, os atletas já cumpriram o protocolo de quarentena e "não têm mais o potencial de transmissão da doença", por isso foram liberados. A informação foi confirmada pelo Esporte Interativo.

O recurso do Atlético é uma novidade que vai constar na atualização da diretriz médica da CBF para o Campeonato Brasileiro a ser publicada nesta quarta (12). Com uma diretriz baseada no estudo do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos) e já reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), uma pessoa que tenha PCR positivo para Covid-19 em teste realizado há mais de dez dias - e assintomática ao longos desses dias - não tem mais poder de transmissão do vírus.

"Não foi a CBF que sentou e inventou isso. Estamos nos pautando por estudos das entidades mais sérias do mundo. A OMS reconhece isso, bem como o Ministério da Saúde", afirmou Jorge Pagura, chefe médico da CBF, ao 'UOL'.

Atlético-GO recebe o Flamengo nesta quarta (12), às 20h30 (de Brasília), no estádio Olímpico, em Goiânia, em partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O elenco do Rubro-Negro já desembarcou em Goiânia para o jogo.

 
Sávio diz que trio atual do Flamengo é mais importante, mas não melhor que o de 95
Comentários