Futebol Brasileiro

Autuori defende Gustavo Henrique: 'Se querem afastar ele, me afastem primeiro'

Em pronunciamento, Paulo Autuori - superintendente de futebol do Santos - vetou o afastamento do zagueiro pela não renovação de contrato

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Paulo Autori é dirigente do Santos desde julho(Ivan Storti/Santos FC)

Paulo Autori é dirigente do Santos desde julho | Ivan Storti/Santos FC

Gustavo Henrique não será afastado do Santos. Mesmo com a possibilidade de deixar o clube de graça em fevereiro, o zagueiro foi bancado por Paulo Autuori e seguirá no elenco do Peixe até o fim de seu contrato. O pronunciamento do superintendente de futebol do Peixe foi realizado na manhã desta desta quarta-feira (16).

Comigo aqui ele vai jogar. A única pessoa que vai dizer que ele não pode jogar é o técnico. Ele vai jogar porque tem história no clube. Se não tiver continuidade foi por erro de planejamento do clube. Se querem afastar o Gustavo, me afastem primeiro. Enquanto estou aqui, ele joga. É um jogador de alto nível e de caráter. Jogador que deu a vida pelo clube até aqui. Enquanto as coisas estiverem sob minha alçada, não faltará compromisso com a verdade.

 O zagueiro Gustavo Henrique não deve seguir no Santos para a próxima temporada. Com contrato até o final de janeiro, o defensor deve se transferir de graça ao futebol europeu após o término do vínculo com o Peixe.

Comentários