Futebol Brasileiro

Bastidores do Palmeiras: motivos da saída de Luxemburgo, preocupação com novo técnico e reforços à vista

Fraco desempenho aliado a resultados ruins tiraram Luxemburgo do Palmeiras e clube não enxerga nacionalidade como fator determinante para escolha do próximo comandante

Por Rodrigo Fragoso

Nos bastidores, diretoria do Palmeiras não estipula prazos para a contratação de um novo treinador(Fabio Menotti/Ag. Palmeiras)

Nos bastidores, diretoria do Palmeiras não estipula prazos para a contratação de um novo treinador | Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

A derrota do Palmeiras para o Coritiba por 3 a 1 no Allianz Parque gerou um recomeço no Palmeiras. Uma reunião na Academia de Futebol selou o final da quinta passagem de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras e a reportagem do Esporte Interativo apurou as razões da demissão e também as projeções dos próximos passos da diretoria palmeirense.


BASTIDORES DA SAÍDA DE LUXA: FUTEBOL E RESULTADOS ABAIXO DAS EXPECTATIVAS


O Esporte Interativo conseguiu ainda no gramado do Allianz Parque, cerca de uma hora após a partida, conversar pessoalmente com um dirigente do clube, que garantiu entender a pressão grande para a demissão de Luxemburgo e que conversas aconteceriam para definir o futuro da comissão técnica.

As conversas aconteceram na noite de quarta-feira (14), na Academia de Futebol, sem a presença da comissão técnica. Vanderlei Luxemburgo foi notificado por telefone da decisão de sua saída que, segundo a reportagem do Esporte Interativo apurou, envolveu não só a análise de que o futebol apresentado poderia ser melhor com o atual elenco, apesar do título paulista, mas também a necessidade de estar mais bem posicionado na tabela de classificação do Brasileirão à essa altura da competição.

BASTIDORES DA BUSCA POR UM NOVO TREINADOR: NÃO IMPORTA A NACIONALIDADE

Nomes ainda não foram colocados na mesa durante a reunião que definiu a saída de Vanderlei Luxemburgo, porém a reportagem do Esporte Interativo apurou que a diretoria do Palmeiras não tem resistência em relação a nomes estrangeiros para o comando da equipe. Conversando com uma fonte ligada a diretoria, o trabalho de  Filpo Núñez, mentor da Academia dos anos 60 do Palmeiras, foi usado como exemplo de que estrangeiros podem fazer sucesso no Verdão.

A sensação da diretoria nesse momento é de que não há margem para erro na contratação do próximo treinador, já que dois dos últimos três técnicos do Palmeiras (Felipão e Luxemburgo) são figuras históricas para a torcida e já não são mais opções. Treinadores brasileiros não estão descartados e, nesse momento, o auxiliar fixo Andrey Lopes está na frente de Wesley Carvalho, técnico da categoria sub-20, para assumir interinamente o comando da equipe.

BASTIDORES DO MERCADO: PALMEIRAS ENTENDE QUE PRECISA CONTRATAR

O técnico Vanderlei Luxemburgo, nas últimas entrevistas coletivas concedidas pelo clube, deixou claro sentir necessidade de melhorar o elenco. A reportagem do Esporte Interativo apurou também que a saída do treinador não freia o olhar do Palmeiras para o mercado. A diretoria concorda que precisa melhorar o elenco, ainda que sinta já tê-lo qualificado com Matías Viña e Rony em 2020. As dificuldades financeiras são uma barreira que a diretoria quer transpor para dar o 'upgrade' que Luxa pediu, mas agora para outro treinador trabalhar. 
 

Comentários