Futebol Brasileiro

Botafogo estende férias até 30 de abril

Alvinegro foi um dos três clubes a não optar imediatamente pela ampliação de 10 dias.

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo. Crédito: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo. Crédito: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

O Botafogo anunciou nessa quinta-feira (16), através de uma nota oficial, a extensão de mais 10 dias de férias aos atletas. A princípio os jogadores ficariam em casa por 20 dias, de 1º à 20 abril.

 

“O Clube reitera o compromisso em preservar os seus atletas e funcionários, bem como o calendário do futebol, e tem monitorado de forma permanente a evolução da pandemia COVID-19 junto às autoridades de saúde e esportivas”

 

Em reunião na última terça-feira (14), a CBF e os clubes das série A e B decidiram em maioria pela ampliação das férias. Botafogo, Flamengo e Vasco foram os únicos a não optarem imediatamente pela extensão, já que aguardavam o resultado do estudo que prevê um possível retorno do estadual em maio. Em reunião na quarta-feira (15), realizada pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro, as equipes aprovaram esse protocolo de segurança e saúde para a retomada das atividades, mas ainda não há definição de datas para o reinício do Campeonato Carioca.

 

“Cabe ressaltar que o Botafogo, representado pelo Dr. Christiano Cinelli, Coordenador do Departamento Médico, participou das reuniões para elaboração protocolo “Jogo Seguro”, uma iniciativa da FERJ com a participação dos clubes, cujo intuito é sugerir medidas de biossegurança a todos os profissionais envolvidos na prática esportiva quando as atividades forem retomadas. A redação final do documento foi aprovada na noite de quarta-feira (15/4).”

 

 

Confira a íntegra da nota oficial emitida pelo clube:

“O Botafogo de Futebol e Regatas comunica que, por determinação do Presidente Nelson Mufarrej, as férias dos atletas serão estendidas até o dia 30 de abril.

 

Cabe ressaltar que o Botafogo, representado pelo Dr. Christiano Cinelli, Coordenador do Departamento Médico, participou das reuniões para elaboração protocolo “Jogo Seguro”, uma iniciativa da FERJ com a participação dos clubes, cujo intuito é sugerir medidas de biossegurança a todos os profissionais envolvidos na prática esportiva quando as atividades forem retomadas. A redação final do documento foi aprovada na noite de quarta-feira (15/4).

 

O Clube reitera o compromisso em preservar os seus atletas e funcionários, bem como o calendário do futebol, e tem monitorado de forma permanente a evolução da pandemia COVID-19 junto às autoridades de saúde e esportivas.”

 

 
Walter Feldman diz que futebol brasileiro não tem prazo para voltar
Comentários