Futebol Brasileiro

Campello prevê prejuízo de R$ 40 milhões para o Vasco durante pandemia

Presidente vascaíno estimou alto impacto para o clube por conta da crise do novo coronavírus

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Alexandre Campello, presidente do Club de Regatas Vasco da Gama(Divulgação)

Alexandre Campello, presidente do Club de Regatas Vasco da Gama | Divulgação

O Vasco está preparado para os efeitos que a pandemia do novo coronavírus vão causar ao clube. E que já estão causando. O presidente do Cruz-Maltino, Alexandre Campello, estimou que o prejuízo vascaíno por conta da paralisação do futebol vai girar em torno dos R$ 40 milhões. 

Estimamos que esse impacto vá ser de uns R$ 40 milhões. Estimo que não deva ser menor do que isso o impacto dessa pandemia.

"Temos perdido receitas de todas as formas, desde a venda de produtos que geram royalties. Isso reduz o que recebemos, mas também através de bilheteria, o próprio patrocinador. O Vasco tem sofrido bastante com essa paralisação. A TV suspendeu um dos pagamentos de uma das parcelas do Carioca e propôs uma redução na cota do Campeonato Brasileiro, fora Copa do Brasil, Sul-Americana. Há um comprometimento de quase todas as receitas do clube", completou Campello em entrevista à 'Vasco TV'. 

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

O vice financeiro da instituição carioca, Carlos Leão, chegou a anunciar que o Vasco estava negociando com um parceiro que traria um investimento maior para os cofres do time, mas que a pandemia da Covid-19 interrompeu as conversas.

 
Mauro Galvão critica Vasco: 'Não sabe usar sua torcida e nem da força que tem'
Comentários