Futebol Brasileiro

Cano cobra salários em dia no Vasco: 'Precisamos que sejam pagos'

Atacante argentino também revelou que as primeiras palavras que aprendeu em português foram palavrões 

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Germán Cano na partida contra o Boavista, contra quem marcou seu primeiro gol com a camisa vascaína(Divulgação Vasco da Gama)

Germán Cano na partida contra o Boavista, contra quem marcou seu primeiro gol com a camisa vascaína | Divulgação Vasco da Gama

No último fim de semana, Germán Cano marcou seu primeiro gol pelo Vasco, e também o primeiro do Cruz-Maltino na temporada. Diante disto, o atacante foi o escolhido para conceder coletiva nesta segunda (27) e, mesmo com pouco tempo de clube, não se esquivou quando perguntado sobre salários atrasados.

"Está muito difícil, várias equipes estão sofrendo o mesmo. Mas precisamos que todos os salários sejam pagos para que o jogador entre em campo dando o melhor possível. Isso é muito importante para todos os jogadores. Esperamos poder fazer o melhor para ganhar a próxima partida", cobrou o jogador. 

É uma tranquilidade para cada família de todos os jogadores. É muito importante o pagamento. Todos precisamos estar contentes para fazer o melhor possível dentro de campo toda vez que formos jogar.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

Mas, apesar do assunto sério, também espaço para um momento de descontração na entrevista. O argentino surpreendeu ao revelar que as primeiras palavras que aprendeu em português foram os chamados palavrões: 'cara... e p... que pariu'.

A próxima oportunidade de Cano balançar as redes pelo Vasco será na quinta-feira (30), às 21h30 (de Brasília), no duelo com o Cabofriense, em São Januário.

Comentários