Futebol Brasileiro

Cássio, do Corinthians, sobre jogar com os pés: 'Não vou virar um Neuer ou Ederson do dia para noite'

Para Cássio, o trabalho dos preparadores de goleiro vem sendo essencial para que o atleta conseguisse melhorar no quesito, cada vez mais exigido no futebol moderno

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Cássio revelou que conversou com Ederson sobre jogar mais com os pés(Marcello Zambrana/AGIF)

Cássio revelou que conversou com Ederson sobre jogar mais com os pés | Marcello Zambrana/AGIF

O goleiro Cássio, do Corinthians, afirmou que ainda precisa melhorar muito para conseguir trabalhar bem com os pés. Para o arqueiro, a situação passa por muito treino e diz que não se tornará uma referência em pouco tempo.

"É uma coisa que eu já fazia, mas que precisa ser exercitada. Na Copa do Mundo, quando voltei, eram Osmar Loss e Coelho, e eles trabalhavam muito isso. Quando voltei da Copa América também tentamos fazer, mas é uma situação que precisa treinar para fazer. Todo dia a gente tem treinado, acredito que vá ter evolução. Tentei, mas tem que ter sabedoria, não vou virar um Neuer ou Ederson do dia para noite", analisou.

Para Cássio, o trabalho dos preparadores de goleiro, Leandro Idalino e João Paulo Lacerda, vem sendo essencial para que o atleta conseguisse melhorar no quesito, cada vez mais exigido no futebol moderno.

Quer ganhar um vale-presente de R$100,00 para comprar qualquer produto na Americanas.com? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos. É grátis!

"Você exercitando, fazendo um pouco, Idalino (preparador de goleiros) já trabalhou com outros técnicos que gostavam disso (como Fernando Diniz), tudo é treino e evolução. Estou me sentindo confortável e confiante para isso. Ederson me falou: 'Os caras me dão opção para jogar'. Às vezes não dá para arriscar e fazer de qualquer jeito. Coelho me deixa à vontade. Muitas vezes no chute direcionado a gente conseguiu criar oportunidades ganhando a segunda bola com Clayson e Avelar, então tem que ver o momento", finalizou.

Comentários