Futebol Brasileiro

Clássico entre Guarani e Ponte Preta termina em confusão e expulsão

Clássico de Campinas, disputado entre Guarani e Ponte Preta no Brinco de Ouro da Princesa com portões fechados, teve confusão após o Bugre virar o jogo no final

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Brinco de Ouro da Princesa não contou com presença da torcida por conta do coronavírus(Twitter / Guarani)

Brinco de Ouro da Princesa não contou com presença da torcida por conta do coronavírus | Twitter / Guarani

O clássico entre Guarani e Ponte Preta foi o último jogo antes da paralisação do Campeonato Paulista, mas nem mesmo os portões fechados, por conta do novo coronavírus, impediram que os ânimos saíssem do controle. Após o Bugre virar o jogo no final e vencer por 3 a 2, uma confusão generalizada aconteceu entre os jogadores.

Depois do apito final, o atacante Roger, da Ponte Preta, foi tirar satisfações com o goleiro Jefferson Paulino, do Guarani, e vários jogadores se envolveram na confusão. Roger foi o único a receber o cartão vermelho da arbitragem após o ocorrido.

Com o resultado, o Guarani fica perto da classificação ao mata-mata do Paulistão, na segunda posição do grupo D, com 16 pontos, 5 à frente do Corinthians. A Ponte Preta, por outro lado, ficou na lanterna do Estadual, com 7 pontos, e tem grandes chances de rebaixamento.

Sabe tudo de futebol e quer provar que é um dos maiores torcedores do seu time? Clique aqui e baixe agora o Fanáticos! É grátis!

 
Lance polêmico de Felipe Melo com Lucas Braga
Comentários