Futebol Brasileiro

Com 93% dos votos a favor, José Carlos Peres sofre impeachament no Santos

Agora ex-presidente, que já estava afastado do cargo desde o dia 28 de setembro, teve dura derrota nas urnas, neste domingo (22), em votação que contou com a participação de 1078 associados

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

José Carlos Peres não é mais presidente do Santos(Ivan Storti/Santos FC)

José Carlos Peres não é mais presidente do Santos | Ivan Storti/Santos FC

Agora é oficial: José Carlos Peres não é mais presidente do Santos.

A decisão saiu neste domingo (22), quando 1.078 associados votaram pela saída ou não do agora ex-mandatário, que já estava afastado desde o dia 28 de setembro. Do total, 1.005 foram a favor do impeachment, ou seja 93%, enquanto que 69 foram contra - dois votaram branco, enquanto que outros dois votaram nulo.

Portanto, a esmagadora quantidade dos associados do Peixe quiseram a saída de Peres, que agora dará de vez lugar a Orlando Rollo, seu vice, e que já está no comando desde o dia do afastamento.

Peres sofreu impeachment por uma série de irregularidades em sua gestão, que se iniciou em 2019, substituindo Modesto Roma Júnior. Dentre elas, estão comissões pagas a empresários em negocioações; uso indevido do cartão corporativo do clube; além da diferença do que foi apresentado nos orçamentos e no que foi verdadeiramente gasto.

Vale lembrar que o Santos vive grave crise econômica, que quase o fez perder pontos no Campeonato Brasileiro. O déficit se deu, principalmente, pelos gastos do ano de 2019, quando Jorge Sampaoli foi o comandante e pediu diversas contratações, todas assinadas por José Carlos Peres.

Agora, Rollo comandará o Peixe até o final de dezembro, quando um novo presidente será eleito e tomará posse.

 
Thiago Heleno abre o placar para o Athletico
Comentários